Brasil

Viúva de assessor de Campos agradece apoio do Brasil em rede social

Jornalista conversou com a imprensa pela primeira vez, na quarta-feira (14)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
A jornalista Cecília Ramos, viúva de Carlos Augusto Ramos Leal Filho, conhecido como Percol, assessor de Eduardo Campos, também morto no acidente aéreo que também vitimou o candidato à presidência do PSB, publicou uma mensagem emocionada no Instagram.No texto escrito no sábado (16), a jovem em relembrou sua relação com Carlos e agradeceu o apoio dos brasileiros. "Xinho, sei que você não vai me deixar despedaçada. Então me ajuda a ser Cecília de novo. A sua "gaiatinha" está sem chão. Sei que você está comigo porque você está em mim. Tô morta de medo, mas eu vou conseguir com tanto amor que tenho recebido do Brasil inteiro. E nossa casa está cheia como você adorava. Obrigada a todos vocês. E o mais importante: minha fé em Deus não está abalada. Lembra, meu amor qeu cantamos juntos em momento de aflição ou superação este louvor: "Não podes pensar que este é teu fim. Não é o que Deus planejou. Levanta-se do chão, erga um clamor. Restitu, eu quero de volta o que é meu. Sara-me e põe teu azeite em minha dor. Restitui e leva-me  às águas tranquilas. Lava-me e refrigera minh'alma. Restitui". Amém, Senhor. Estou em confiante em Ti"."
Na quinta-feira (14), a jornalista conversou pela primeira vez com a imprensa e comentou que chegou a pedir licença do trabalho para ir a São Paulo ajudar na campanha. Os dois estavam casados há apenas quatro meses. Segundo a esposa do assessor, Percol não reclamava de cansaço e estava animado com a campanha. Ela contou ainda que chegou a conversar com o marido na madrugada, horas antes do acidente, e que o marido e Eduardo Campos estavam animados com a entrevista recém concedida ao Jornal Nacional.

Cerca de 150 pessoas, entre amigos, familiares e políticos estiveram presentes em uma missa realizada na casa do candidato em Recife.  A mãe de Eduardo, Ana Arraes esteve presente na cerimônia, assim como o tio dele, o cineasta Guel Arraes.