Brasil

Vizinho suspeito de matar menina Emanuelle com 13 facadas é encontrado morto em cela

Aguinaldo Guilherme Assunção teve a prisão preventiva decretada nesta terça-feira (13); ele disse que cometeu o crime por vingança

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O vizinho suspeito de matar com 13 facadas a menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrado morto nesta quarta-feira (15), na cela onde estava preso, em Chavantes (SP). Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, confessou o homicídio e disse à polícia que cometeu o crime por vingança, pois a mãe da criança não deixa ela brincar com o enteado. As informações Bauru e Marília.

Foto: Reprodução/TV Globo
A vítima estava desaparecida desde a última sexta-feira (10), quando saiu para brincar em um parquinho de uma praça. O corpo de Emanueçle foi encontrado na segunda-feira (13) e Aguinaldo foi preso preventivamente nesta terça-feira (14).

Segundo a apuração do G1, no boletim de ocorrência consta que o funcionário Centro de Detenção Provisória (CDP) realizava a contagem de presos quando verificou que o suspeito estava com um lençol enrolado no corpo. A morte de Aguinaldo foi confirmada pela assessoria.

Ainda de acordo com o documento, ele estava sozinho na cela no momento em que foi encontrado. De acordo com o delegado do caso, Aguinaldo já foi condenado e cumpriu pena em 1988 por ter assassinado o irmão.