Luto

Morre Danuza Leão aos 88 anos; corpo será cremado na sexta-feira (28)

Jornalista, escritora e ex-modelo faleceu na noite última quarta-feira (22)

Redação iBahia
23/06/2022 às 13h45

2 min de leitura
Foto: Reprodução/CEDOC/Globo

A ex-modelo, jornalista e escritora Danuza Leão morreu na noite da última quarta-feira (22), aos 88 anos, no Rio de Janeiro.

A artista que sofria de enfisema pulmonar faleceu por conta de insuficiência respiratória, segundo informações confirmadas à Globo por familiares.

O corpo de Danuza será velado na sexta-feira (24), no Crematório e Cemitério da Penitência, na Zona Norte do Rio de Janeiro a partir das 13h. Às 16h, o corpo será cremado. Toda a cerimônia será restrita aos familiares e amigos.

Vida e Carreira

Ganhadora do Prêmio Jabuti pelo livro “Quase Tudo”, de 2005, Danuza Leão era irmã de Nara Leão, um dos grandes nomes da Bossa Nova. Por conta do parentesco, a jornalista viu o ritmo nascer no apartamento de seus pais, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Danuza foi colunista do jornal Folha de S. Paulo durante 12 anos e também era conhecida por conta de seu gênio forte e diversas opiniões polêmicas.

Além da carreira como escritora e jornalista, ela também atuou no longa “Terra em Transe”, dirigido por Glauber Rocha e lançado em 1967.

Leia mais sobre Brasil no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias