Ajuste de Rota

Operação prende grupo suspeito de fingir contratar motoristas para roubar caminhões na BA e PE

Pelo menos 20 veículos foram roubados pela quadrilha, divulgou a polícia. Suspeitos tiveram mandados de prisão e de busca e apreensão cumpridos na sexta-feira (13), em Juazeiro e Petrolina

Redação iBahia
14/05/2022 às 15h49

2 min de leitura
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Quatro pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha especializada no roubo de caminhões foi presa na sexta-feira (13), durante uma operação policial deflagrada nas cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, e Petrolina, em Pernambuco.

De acordo com a Polícia Civil, o grupo fingia contratar motoristas de caminhão e caminhonete para roubar os veículos das vítimas. Pelo menos 20 condutores caíram no golpe da quadrilha.

Segundo a polícia, o grupo criminoso agia na região do Vale do São Francisco, que, além da Bahia e de Pernambuco, engloba os estado de Minas Gerais, Sergipe e Alagoas. Contudo, as áreas específicas onde os roubos aconteceram não foram divulgadas.

Os criminosos eram investigados há cerca de um ano. Eles foram presos por ordem de mandados de prisão expedidos pela Justiça. Os suspeitos são três homens e uma mulher, que não tiveram os nomes divulgados. Durante a operação, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão contra o grupo.

“Iniciamos as apurações após vários registros de roubos de caminhões, culminando na instauração de 19 Inquéritos Policiais, tendo a 17ª Coorpin procedido com as representações pelas medidas cautelares necessárias”, explicou o titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), delegado Reginaldo César Cabral de Lima.

O delegado ainda detalhou a ação criminosa. “Primeiro a mulher entrava em contato com a vítima para contratar o frete do caminhão, marcando horário e local de retirada da carga. Chagando lá, os comparsas já estavam esperando e anunciavam o assalto. O caminhoneiro era obrigado a seguir para um matagal, onde era deixado amarrado até que os criminosos levassem o veículo para o receptador”, disse.

Além da DRFR de Juazeiro, a operação também teve a participação da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). A ação foi denominada de “Operação Ajuste de Rota”. Após as prisões, os criminosos ficaram à disposição da Justiça e devem ser encaminhados para o sistema prisional.

Leia mais sobre Brasil no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias

Recomendamos