Polícia acredita que criminosos que assaltaram apartamento de Carlinhos Maia tinham informações privilegiadas


Foto: Reprodução / Instagram

Os delegados que investigam o roubo ao apartamento do influenciador Carlinhos Maia e seu marido, Lucas Guimarães, em Maceió, Alagoas, levantam a possibilidade dos assaltantes terem conseguido informações privilegiadas para acessar o imóvel no final de semana.

Em coletiva realizada na última segunda-feira (30), o delegado Thales Araújo, afirmou que a investigação trabalha com a hipótese de ao menos duas pessoas terem participado do furto ao local, que resultou em um prejuízo de R$ 5 milhões.

“Existe uma linha de investigação de que haja algum tipo de informação privilegiada que tenha possibilitado o crime. Não necessariamente de alguém de dentro do convívio, mas alguém que tivesse o conhecimento de toda a rotina”.

Segundo a Polícia Civil, que teve acesso a imagens das câmeras do local, falhas de segurança facilitaram a entrada dos criminosos.

No Instagram, Carlinhos apelou para que os ladrões deixassem seus pertences em algum lugar para que ele pudesse recuperar. Entre os itens roubados estão um relógio, uma mochila de grife, um diamante e um cofre.

“Peço encarecidamente para os que assaltaram nossa casa, que abandone as coisas em qualquer lugar… porque vocês serão encontrados. Podem ter certeza”, escreveu.

Leia mais sobre Celebridades no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: