Carnaval

ACM Neto adianta ajustes a serem feitos para Carnaval 2020; saiba quais são

Prefeito de Salvador falou sobre as mudanças durante uma coletiva realizada nesta terça (5)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Mesmo antes do balanço final do Carnaval de Salvador 2019, a ser divulgado nesta quarta-feira (6), o prefeito de Salvador,  ACM Neto, já adiantou dois pontos que devem sofrer mudanças na folia em 2020: a mobilidade e o equilíbrio de atrações nos circuitos.

Foto: Valter Pontes/Secom
A declaração foi dada durante coletiva realizada nesta terça-feira (5), na Sala de Imprensa Oficial Paulo Gaudenzi, no Campo Grande.

De acordo com o prefeito, mesmo com as mudanças implantadas desde 2013 como as zonas de restrição, o Expresso Carnaval e a linha gratuita Lapa/Calabar, o aumento do número de pessoas e do uso de aplicativos de transporte gerou uma explosão do número de veículos acessando os circuitos oficiais, principalmente o Dodô (Barra/Ondina), com grande congestionamento na Avenida Centenário, principal acesso ao local.

“Isso nos fez compreender que muita gente está operando aplicativo, o que gerou um número de veículos nos circuitos muito maior e a cidade não comporta. A gente precisa aliviar essa pressão. Esse é um ponto de preocupação concreto que temos”, salientou.


Quanto ao equilíbrio de grandes atrações nos dois principais circuitos, ACM Neto afirmou que o diálogo com artistas, empresários, entidades e com o Conselho Municipal do Carnaval (Comcar) começa já a partir desta Quarta-feira de Cinzas.
“Tem coisas que o poder público não tem capacidade de controlar ou conduzir. Aí vai muito da vontade do artista, da decisão do empresário e da vontade do folião. Não posso obrigar as pessoas para vir para cá (Circuito Osmar)", frisou o prefeito.

"Eu tenho que dar o exemplo estando aqui com a equipe, como estou todos dias, e garantindo que haja uma quantidade importante de atrações se apresentando e puxando trio sem cordas, como tivemos domingo, segunda e nestas terça. Foi o maior esforço que a Prefeitura fez para acontecer isso e talvez, se não fosse esse esforço, não tivesse Carnaval aqui. Agora isso faz parte também dessas conversas que eu pretendo ter a partir da Quarta-feira de Cinzas para já pensar o Carnaval de 2020, que vai ser o último da nossa gestão”", acrescentou.

Crescimento

Mesmo antes do fim da festa, o prefeito disse que o sentimento é de dever cumprido, devido aos resultados consolidados até o momento e que revelam que Salvador teve o maior Carnaval de todos os tempos em participação popular, movimentação econômica e projeção e promoção da cidade.

“Na verdade é o grande ganho que Salvador tem. É impressionante como as pessoas estão reconhecidamente satisfeitas com a cidade. Se perguntarem para mim qual é a grande marca do Carnaval 2019, digo que é o reconhecimento das pessoas ao momento que Salvador vive. Isso será levado aos 365 dias do ano, e não apenas nesses dias de pré-Carnaval e Carnaval”, avaliou ACM Neto.