Carnaval

Afros e afoxés reafirmam as tradições do povo negro no circuito Osmar

Durante a folia, no último sábado (10), se apresentaram os blocos Malê Debalê, Muzenza, Mangolê, Ilê Aiyê e a banda Didá

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O carnaval no circuito Osmar (Campo Grande) do último sábado (10) foi marcado pela tradição dos blocos afros e afoxés. Durante a folia se apresentaram os blocos Malê Debalê, Muzenza, Mangolê, Ilê Aiyê e a banda Didá.

Foto: Divulgação / Alfredo Filho

Os desfiles trouxeram temas como o combate à intolerância religiosa e ao racismo, o genocídio da sociedade negra, a importância cultural das entidades afro e a beleza negra.

Neste domingo (11), o afroxé dos Filhos de Gandhy vai tomar conta da avenida. O tema do bloco, que este ano completa 69 anos de história na folia baiana, é tradição, paz e amor. 

Foto: Robson Mendes / AGECOM