Carnaval

Barra-Ondina teve a maior quantidade de artistas no Carnaval 2019

Circuito contou com 1.850 artistas e 76 horas de música, enquanto o Campo Grande reuniu 1700 artistas e 85 horas de música

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O Carnaval 2019 chegou ao fim com 4.983 horas de música, com 17.955 artistas envolvidos, em Salvador. Segundo balanço divulgado pela Prefeitura, nesta quarta-feira (6), no total, foram 97 blocos nos circuitos e 305 trios para o folião pipoca.

Foto: Divulgação/ Secom

O Circuito Dodô (Barra-Ondina) contou com 107 trios independentes, 72 blocos, 1.850 artistas e 76 horas de música. O Osmar (Campo Grande) reuniu 1700 artistas, 82 blocos, 79 trios independentes e 85 horas de música. O Circuito Batatinha (Pelourinho) contou com 61 horas de música, 100 blocos e 1140 artistas.

Fora dos circuitos oficiais, ou seja, nos bairros e espaços temáticos, incluindo o Circuito Mestre Bimba (Nordeste de Amaralina), a festa reuniu 1,1 milhão de pessoas.

O projeto Pôr do Sol, que aconteceu pelo terceiro ano consecutivo, reuniu 50 mil pessoas por dia, somando 150 mil no total. Cerca de 60 mil foliões curtiram a Torre Eletrônica, na Barra, e outros 22 mil o Beco das Cores, também no Circuito Dodô. O Concurso de Fantasia LGBT, realizado na Praça Municipal na segunda de Carnaval, reuniu um público de mil pessoas.

Criado neste ano, o palco das orquestras e bailes infantis montado no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, reuniu 18 mil pessoas com a apresentação de 120 artistas. O Carnaval Náutico, que ocorreu pelo segundo ano consecutivo, contou com 150 embarcações e 1,5 mil pessoas.