Carnaval

Confusão encerra bloco de Ludmilla no Rio de Janeiro; veja vídeos

A polícia jogou bombas de gás lacrimogêneo e várias pessoas saíram correndo

Agência, O Globo

Após três horas de desfile, o bloco Fervo da Lud interrompeu a apresentação na manhã desta terça-feira no Centro, após uma confusão no meio do público. A cantora Ludmilla havia acabado de falar que estava feliz  por não haver registro de brigas no bloco, e o DJ Renan da Penha se apresentava, quando começou a confusão. A polícia jogou bombas de gás lacrimogêneo e várias pessoas saíram correndo.

A confusão teria começado com uma briga. Os policiais intervieram com bombas de efeito moral, o que provocou mais correria. A PM pediu que o show fosse interrompido.

Foram cerca de duas horas de música antes do tumulto, quando a funkeira  empolgou a multidão com hits da carreira como a "Danada sou eu" e "Te ensinei certin". Além de muito funk, a cantora  cantou de axé a pagode com Luiza Sonza e Belo.

Este ano, o tema do bloco era o Egito.

— Eu gosto muito da história do Egito e sei que é bem desconstruída a história que a gente vê na televisão. A maioria dos egípcios era da raça negra, e isso não aparece, mas quero que bastante gente saiba disso a partir de hoje — diz Ludmila.

Pouco mais de uma hora após o início do bloco, quatro mulheres receberam atendimento após passarem mal. A cantora chegou inclusive a dar uma pausa para poder chamar os bombeiros.