Carnaval

É novato no Carnaval? Vem conferir 10 coisas que você precisa fazer em Salvador

Para ninguém ficar perdido e não deixar nada passar, o iBahia listou o que todo turista iniciante deve fazer nesse período

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

“Ah, que bom você chegou, bem-vindo a Salvador”. Uma das músicas mais famosas de toda a história do Carnaval soteropolitano – “We Are Carnaval” – já dá o tom do que o turista pode esperar na cidade durante a festa: receptividade e muita animação.

Para quem é “marinheiro de primeira viagem”, a ida a Salvador neste período pode causar dúvidas. O que fazer diante de tantas opções? O que é imperdível nesses sete dias de festa? Camarote, bloco ou pipoca? Dá para fazer tudo? Para ninguém ficar perdido e não deixar nada passar, o iBahia listou 10 coisas que todo turista iniciante deve fazer nesse período. E acredite, dá para fazer tudo!

1) Saída do Ilê:

Foto: Divulgação
Uma das maiores representações de baianidade, a saída do Ilê Aiyê reúne milhares de admiradores do bloco no bairro da Liberdade. O mais antigo e famoso bloco afro do Brasil sai no sábado (10) na Senzala do Barro Preto e percorre as principais ruas do Curuzu. De lá, o bloco segue para o Campo Grande.

2) Ver (e admirar) o pôr do sol:

Foto: Divulgação

Essa “obrigatoriedade” vale para todo ano, mas no Carnaval fica ainda mais especial. Seja no Farol da Barra, onde os trios concentram e a multidão já se prepara para a folia, ou na Praça Castro Alves. Essa segunda opção é tão simbólica que criou-se o evento “Pôr do Sol na Praça Castro Alves”. Durante o Carnaval, nos dias 12 e 13 de fevereiro (segunda e terça), Àttooxxá e o grupo Armandinho, Dodô & Osmar se apresentam, respectivamente.

3) Carnaval diferente e no Pelô:

Foto: Divulgação
O Pelourinho tem a cara de Salvador e no Carnaval não poderia ser diferente. O local recebe um dos três circuitos oficiais da festa e terá mais de 70 atrações. Em um clima diferente do a maioria dos turistas estão acostumados – sem trios elétricos, por exemplo – o bairro é parada obrigatória em pelo menos um dos dias de festa. No domingo, por exemplo, terá BaianaSystem no Largo do Pelourinho. Fica a dica!

4) Uma pipoca clássica:

Foto: Divulgação
Tem gente que gosta do conforto do camarote ou da exclusividade do bloco, mas para sua experiência no Carnaval de Salvador ser completa, nada melhor que “encarar” alguma pipoca clássica da festa. As pipocas puxadas por cantores como Bell Marques, Saulo e Márcio Victor, vocalista do Psirico, são conhecidas, aplaudidas e, claro, cheias. É preciso saber onde “está se metendo”, mas quem já foi, garante: a experiência de ouvir músicas como ‘Quero Chiclete’, ‘Raiz de Todo Bem’ e ‘Lepo Lepo’ no meio da multidão, é única.

5) Ir atrás do trio...no bloco!

Pegar o abadá, customizar, procurar seu trio... todo esse ritual faz parte de quem sai em um bloco durante o Carnaval de Salvador. Em tempos de camarotes cheios de opções e shows, muita gente opta por deixar para lá os blocos. No entanto, percorrer os quilômetros dos percursos atrás do trio é imperdível para quem vem pela primeira vez para a cidade.  

6) Dia de conforto, luxo e animação:

Foto: Divulgação
Um dia no Ilê, outro no Pelourinho, mais um na pipoca e outro no bloco, e ainda sobra tempo para ter um dia curtindo toda a estrutura que os camarotes do circuito Dodô Barra-Ondina. São pelo menos nove opções de camarotes que oferecem de tudo: comida, bebida, customização, áreas climatizadas e, claro, shows.

7) Fanfarra sim, senhor!

Foto: Divulgação
Quem disse que só de trio elétrico é feito o Carnaval de Salvador? Para os mais desavisados, as fanfarras e bandinhas de sopro voltaram a ganhar muito espaço na folia baiana, especialmente no pré-Carnaval. Para quem já estará na cidade nesta quarta-feira (7), o Habeas Copos promete lotar a Barra. O bloco é um dos destaques do dia. Mas, além deles, tem inúmeros outros bloquinhos, de diversos tamanhos, animando a orla da cidade.E, na quinta-feira, primeiro dia oficial da festa, o circuito Dodô (Barra-Ondina) será invadido por esse tipo de atração.

8) Acompanhar o mar branco e azul:


Neste ano, o Afoxé Filhos de Gandhy – com sua clássica “fantasia” azul e branca – terá como tema “Do cais do porto para o mundo”. Constituído apenas por homens, o bloco conta com aproximadamente 6 (seis) mil integrantes e desfilará no domingo, segunda e terça. Mesmo que você não seja homem ou não queira desfilar junto com os membros, não deixe de acompanhar pelo menos um trecho da passagem deste bloco tão tradicional. Eles estarão no Campo Grande (domingo e terça) e na Barra (segunda).  

9) Clássico é clássico:

Tudo bem que cada ano um hit novo toma conta das ruas de Salvador – e ganha como música do Carnaval. Mas um clássico, é um clássico. E esses não podem ser esquecidos pelos turistas e precisam ser cantados a plenos pulmões. “We Are Carnaval”, “Baianidade Nagô”, “Chame Gente”, “Faraó Divindade do Egito” e “Pequena Eva”, pode ter certeza, estão no repertório de quase todo artista.

10) Curta a Avenida!

Foto: Divulgação
Circuito mais tradicional do Carnaval de Salvador, a Avenida (circuito Osmar) é amado por muitos e não tão querido por outros. Maior e sem camarotes de luxo ao redor, o Campo Grande pode até ter perdido força nos últimos anos, mas continua tendo um clima especial. Neste ano, o circuito vai receber nomes como Claudia Leitte (domingo), Saulo (domingo), Psirico (segunda), Léo Santana (segunda) e Àttooxxá (terça). Vale muito dá um pulo lá!