Carnaval

Folia à moda antiga nas ruas da Barra e Ondina

O Carnaval de Salvador começará mais cedo com a realização do Fuzuê nas ruas que compõem o Circuito Orlando Tapajós

Carmen Vasconcelos, do Correio 24h (carmen.vasconcelos@redebahia.com.br)
Confete, serpentina, famílias, crianças, máscaras, cultura e um charmoso clima de nostalgia para lembrar os carnavais do passado. É nesse astral que começa o reinado de Momo na capital da Bahia. A festa acontece  no sábado, a partir das 16h, com intervalo de dez minutos entre as atrações e saída marcada nas proximidades do antigo Clube Espanhol e segue na Av. Oceânica , no circuito que homenageia o carnavalesco Orlando Tapajós e que compreende o trecho entre o Clube Espanhol e o Largo do Farol. 

De acordo com o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur) Isaac Edington, a abertura da “maior festa de rua do planeta” começa num clima mais leve, possibilitando que foliões nativos e turistas possam se ambientar com diversos tipos de festa. “O Fuzuê é, tradicionalmente, um espaço mais cultural e familiar, para quem gosta de uma festa numa temperatura mais amena”, explica.

O desfile será aberto pela Banda da Guarda Municipal. Em seguida, Tio Paulinho chega para animar a garotada. Depois, se apresentam a Oficina de Frevos e Dobrados. Toda a força das tradições africanas marca a presença nos desfiles dos afoxés Malê Debalê, Korin Nagô e  Ókánbi. As tradições populares também estão manifestadas na Chegança dos Marujos Fragata Brasileira e não faltará nem mesmo o grupo  As Kuviteiras pra animar. 

Conhecido como Xora das Kuviteiras, o carnavalesco Higor Henrique lembra que o bloco, fundado em 1986,  desfilará apenas com as fanfarras. “Para essa abertura do Carnaval, deveremos estar desfilando com cerca de mil foliões e com as fantasias do ano passado”, diz Higor, lembrando que quem for assistir vai presenciar um pouco do sabor dos carnavais do passado, onde a alegria de brincar era a tônica da festa. O clima saudosista não impedirá o bloco de desfilar no sábado e segunda de Carnaval. “Desde 1998, As Kuviteiras abriu a participação para as mulheres”, finaliza Higor.

Confira a programação
16:00 Banda da Guarda Municipal
16:10 Tio Paulinho
16:20 Oficina de Frevos e Dobrados
16:30 Bloco do Aleitamento Materno
16:40 Grupo Cultural Mandu
16:50 Grupo Folclórico Zambiapunga
19:00 Burrinhas de Taperoá
19:10 Careta Tradicional de Acupe
19:20 Caretas de Cairú
19:30 Grupo Folclórico Gongos Congos de Cairú
19:40 Ed Bala & Fanfarra Mágica
19:50 Commanches do Pelô
20:00 Pierrot Tradição de Plataforma
20:10 Mascarados de Maragojipe
20:20 Malê Debalê
20:30 Terno Rosa Menina
20:40 Samba de Nicinha Raízes de Santo Amaro
20:50 Maracatu Santo Antônio
21:00 Afoxé Korin Nagô
21:10 Aldeia Coletivo Cênico "Gudiar"
21:20 Arraiá das Marias
21:30 Escola de Samba Unidos de Itapuã
21:40 Chegança dos Marujos Fragata Brasileira
21:50 Barquinha de Bom Jesus dos Pobres
22:00 Amigos de Babá
22:10 Ókánbi
22:20 Lidroamor Axé
22:30 Mundo Negro
22:40 Coral Cant@art Performático e Percussivo BBG
22:50 Vamos Nessa
23:00 As Kuviteiras