Carnaval

Fora da folia, Ivete Sangalo ganha música em sua homenagem; ouça

Compositor Leo Rocha fala sobre inspiração para escrever a música "Cadê Veveta?"

Fernanda Varela, do Correio 24h

Ivete Sangalo, Veveta, Mainha, Presidenta da Bahia, Dona da P**** toda.  O nome, pouco importa. Fato é que, qualquer baiano que tem uma gotinha de carnaval correndo nas veias, sabe que a edição de 2018 da festa vai ficar um pouco diferente com a ausência de uma das principais cantoras da Bahia. Afinal, são 24 anos consecutivos ouvindo brincadeiras em cima dos trios, seja com a Banda Eva ou em carreira solo. Para amenizar a "perda", o compositor baiano Léo Rocha fez uma canção em homenagem à ausência da cantora, que ficou de fora da folia por estar grávida de oito meses, de gêmeas.

Admirador do trabalho da artista, Leo explica como teve a ideia de homenagear a artista e admite: torce para que ela escute e goste da canção. "Eu sou muito fã, gosto muito do trabalho dela. Acho que todo baiano que gosta do carnaval, que curte, nem que seja um pouquinho, gosta do trabalho de Ivete. Eu venho de uma família que vive o carnaval desde o seu começo, minha família trabalhou a vida inteira em barracas nas festas de largo, então, desde pequeno, vi muitos artistas chegando e saindo do carnaval. Admiro muito o fato de ela ter construído uma carreira tão bonita, tão sólida, com um carinho tão especial com os fãs", disse em entrevista ao CORREIO.

A música, que antes da reportagem ir ao ar já tinha quase 900 visualizações na página do Facebook do compositor, caiu nas graças de alguns artistas, que chegaram a procurar Leo para regravar. "Eu acabei disponibilizando o vídeo na internet, como faço também com outras músicas minhas. Deixei para as pessoas ouvirem como uma espécie de presente pra Ivete. Espero que ela ouça. Não quis autorizar regravarem porque eu acredito que, para outra pessoa gravar, é importante saber se a homenageada curtiu a música. É um presente, a pessoa recebe ou não, aceita ou não. Não quis impor. Espero que ela goste, porque foi feita com muito carinho, por alguém que admira muito ela", conta o baiano, que admite ter sentido falta da cantora já nos noticiários que antecedem a folia.

"Eu percebi muito essa ausência dela logo no começo. Na divulgação da programação, nos trios, no figurino. Todo ano a gente acompanha com antecedência que roupa ela vai usar, qual a música que vai apostar no carnaval, e esse ano foi diferente. Mas é compreensível, porque ela está vivendo um momento muito especial. Ela precisa mesmo estar com a família, se cuidar. Ela é uma mulher guerreira, que representa muito a baianidade. A mulher empreendedora, que trabalha, que luta. Ela merece viver esse momento", conclui.

Além de compositor, Leo Rocha também é músico e ator. Ele, inclusive, participará do longa-metragem Aiuê - Escutando o som dos quilombos, que será lançado no dia 15 de maio.

A música não foi a única homenagem que Ivete Sangalo recebeu. Além de ter sua música ,"No Groove", já bastante tocada por outros artistas, a artista teve máscaras com seu rosto espalhadas pelo circuito e chegou a ser homenageada pelo pai da cantora Cláudia Leitte, que se fantasiou de Veveta grávida.