Carnaval

Ilê Aiyê comemora 45 anos levando multidão ao Curuzu; veja fotos

A saída do Ilê este ano reuniu a primeira vencedora do concurso Beleza Negra, realizado há 40 anos, e a atual Rainha do Ilê

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O carnaval é repleto de tradições. Entre as mais aguardadas está a passagem do Ilê Aiyê, que nesse ano completa 45 anos na folia. Neste sábado (2), os tambores chegaram no meio da multidão, na ladeira do Curuzu, no bairro da Liberdade. Os mais antigos do Ilê Aiyê se posicionaram no jardim da frente do terreiro Ilê Axé Jitolu, junto aos convidados.

Com o apoio do Governo do Estado, através do Carnaval Ouro Negro, o bloco afro seguiu rumo ao circuito do Campo Grande. Para a secretária estadual da Cultura, Arany Santana, a noite é de muitas comemorações. "Além dos 45 anos do Ilê, este é o décimo segundo ano do Carnaval Ouro Negro, que patrocina diversos blocos, grandes e pequenos”, disse.

O Vovô do Ilê, nome popular de Antônio Carlos dos Santos, fundador do Ilê Aiyê, falou da importância do incentivo do Governo do Estado para a manutenção da tradição. "Hoje, o Ouro Negro é muito importante, tanto para os pequenos quanto para os grandes blocos. Nós sentimos muito a ausência do setor privado  também nos apoiando. Por isso é tão importante o incentivo do Governo do Estado para a sobrevivência das entidades culturais de matriz africana", destacou.

A saída do Ilê este ano reuniu a primeira vencedora do concurso Beleza Negra, realizado há 40 anos, dona Lourdes Cruz, conhecido como Mirinha, e a atual Rainha do Ilê, Daniele Nobre.

Confira fotos: