Carnaval

Morre folião baleado por sargento da PM na Barra, confirma SSP

Vítima chegou a ser socorrida para o HGE, mas não resistiu aos ferimentos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O homem baleado por um sargento da Polícia Militar na Barra, na noite de sábado (25), morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), na madrugada deste domingo (26). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Em depoimento, José Eduardo Neves Rodrigues, lotado na 11a Companhia Independente da Polícia Militar (Barra) contou ter agido em legítima defesa, depois que a vítima tentou o assaltar. Ele permanece detido e com a arma apreendida para perícia.

Segundo a SSP-BA, a vítima respondia a cinco inquéritos por arrombamento, um por porte ilegal de arma de fogo, e outro por tráfico de drogas. A identidade dele não foi divulgada. O caso está sendo acompanhado pelas corregedorias da SSP e da PM e pela Polícia Civil.

O crime aconteceu durante a passagem da cantora Alinne Rosa com seu trio independente, por volta das 0h, na altura da Rua Alfredo Magalhães, próximo ao camarote Pier 345, onde acontece a transmissão da TV Bahia.

De acordo com testemunhas, quando a produção da cantora percebeu a confusão no chão, pediu para o trio parar de andar e para Alinne se abaixar até se certificarem do que de fato estava ocorrendo.