Carnaval

PM reforça fiscalização de vendedores ambulantes após tiros no Carnaval

Três pessoas foram baleadas no circuito Campo Grande, na noite de domingo (3), por volta das 23h

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Os 42 portais de abordagem da Polícia Militar instalados nos acessos aos circuitos do Carnaval de Salvador terá o reforço na fiscalização de materiais de vendedores ambulantes. A medida é adotada após a ocorrência que resultou em três pessoas baleadas no circuito Campo Grande, na noite de domingo (3), por volta das 23h, nas imediações do Relógio de São Pedro.

Foto: Divulgação/ GovBA

Segundo a PM da Bahia, a arma chegou ao circuito escondida entre os produtos que seriam comercializados na festa. O suspeito, já identificado e preso, escondeu o revólver dentro do isopor que a mãe utilizaria para vender cerveja.

O comandante da coordenadoria de operações militares (COPPM), coronel Paulo Uzeda, explicou que o Campo Grande possui características que aumentam o nível de dificuldade do trabalho da revista. “Essas áreas não são consideradas estéreis porque existem moradores, comerciantes e os ambulantes que muitas vezes chegam antes do serviço de revista ser iniciado. Existe uma dificuldade grande, mas que iremos superar”, disse.

Para isso, o coronel ainda destaca que foi solicitado aos órgãos da prefeitura municipal, como Semop e Guarda Municipal, que também atuem no trabalho de fiscalização no sentido de reduzir o risco de que ocorrência como esta volte a acontecer.