Festival de cinema começa hoje e vai até o dia 25 com longas inéditos


Consolidado em Salvador, o Panorama Internacional Coisa de Cinema reúne, em sua sétima edição, 60 filmes nacionais e internacionais. A abertura será hoje, no Espaço Unibanco,  às 21h, com a exibição para convidados de Morrer como um Homem, do português  João Pedro Rodrigues, homenageado este ano. A mostra segue até o dia 25, no Espaço Unibanco Glauber Rocha, na Praça Castro Alves; e na Walter da Silveira, nos Barris.

A lista de filmes é grande e boa, uma tentação para quem ama cinema. Haverá mostra competitiva de longas e curtas nacionais, com premiação em dinheiro, além de exibição de filmes do baiano Geraldo Sarno, autor de um clássico do cinema documental brasileiro, Viramundo, de 1965, sobre a migração nordestina para São Paulo.

Primeira vez
Entre os longas inéditos em circuito comercial concorrem a produção baiana Trampolim do Forte, de João Rodrigo; e Transeunte, de Eryk Rocha, filho de Glauber Rocha. Transeunte levou três prêmios no Festival de Brasília de 2010. A mostra também dá espaço para curtas da Bahia. Dez serão exibidos, a maioria feita por jovens realizadores.

O Panorama  também é uma boa oportunidade de ter contato com quem faz a coisa. Mais de 60 diretores, atores e produtores de Salvador e outras cidades foram convidados para conversar com o público após a exibição de seus filmes e participar de debates temáticos.

Entre as produções internacionais, a seleção traz alguns premiados no Festival Internacional de Veneza 2010, como Verano de Goliah, de Nicolás  Pereda;  e o polêmico A Serbian Film – Terror sem Limites, que discute violência, estupro, zoofilia, necrofilia e até pedofilia.

On the road O tema do festival é O Cinema no Centro. “Queremos mostrar o cinema como algo importante, que deve estar no centro da vida, e também chamar a atenção para o centro de Salvador, lugar que deve ser repensado”, afirma Cláudio Marques, 40 anos, idealizador e diretor do Panorama.

Este ano, o Panorama está mais gay do que nunca – palavra do próprio idealizador. A diversidade sexual é o tema da Mostra Coisa Linda de Cinema. A diversidade, inclusive, está presente em toda a produção brasileira, comemora Cláudio. Para ele, o cinema nacional já deixou para trás a dicotomia violência e miséria no período pós-retomada, nos anos 90.

Dois exemplos são O Céu Sobre os Ombros, “documentário mineiro barato”; e Trabalhar Cansa, “suspense de estreia de  Marco Dutra e Juliana Rojas, que esteve em Cannes e trabalha com cinema de gênero, algo raro no Brasil”.Em setembro e outubro, o Panorama pega a estrada. Em versão reduzida, viajará por Cachoeira, São Félix, Santo Amaro, Vitória da Conquista, Acupe, Bom Jesus da Lapa, Remanso e Pilão Arcado. Bem ao estilo road movie.

Programação:

QUINTA-FEIRA (18/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 1

20h – Sessão de Abertura
‘Morrer como um homem’, de João Pedro Rodrigues
Conversa com o diretor após a sessão.

SEXTA-FEIRA (19/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

19h – Panorama Internacional
‘A Vida Útil’ (La Vida Útil), de Federico Veiroj
20h20 – Competitiva Nacional I
‘Ela morava na frente do cinema’, de Leonardo Lacca
‘Uma Primavera’, de Gabriela Amaral.
‘Trabalhar Cansa’, de Juliana Rojas e Marco Dutra
Exibição fora de competição.
Conversa com os diretores após a sessão

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

13h40 – Première Brasil
‘Os Monstros’, de Guto Parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes, Ricardo Pretti
15h20 – Panorama Internacional
‘Caminho Para o Nada’ (Road To Nowhere), de Monte Hellman
17h40 – Homenagem Geraldo Sarno
‘Coronel Delmiro Gouveia’, de Geraldo Sarno
Conversa com o diretor após a sessão
19h50 – Mostra João Pedro Rodrigues
‘O Fantasma’, de João Pedro Rodrigues.
Conversa com o diretor após a sessão.

 
SALA WALTER DA SILVEIRA

14h – Panorama Brasil
‘Estado de Sítio’, de André Novais Oliveira, Gabriel Martins, Flávio C. Von Sperling, João Toledo, Leonardo Amaral, Leo Pyrata, Maurílio Martins, Samuel Marotta.
16h – Panorama Brasil
‘Mulher à Tarde’, de Affonso Uchoa.

SÁBADO (20/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

18h – Competitiva Nacional II
‘Mens Sana In Corpore Sano’, de Juliano Dornelles
‘Permanências’, de Ricardo Alves Júnior
‘O Céu Sobre Os Ombros’, de Sérgio Borges
Conversa com os diretores após a sessão
21h – Competitiva Nacional III
‘Canoa Quebrada’, de Guile Martins
‘Oma’, de Michael Wahrmann
‘Laura’, de Fellipe Gamarosa
Conversa com os diretores após a sessão

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

13h – Competitiva Nacional I
‘Ela morava na frente do cinema’, de Leonardo Lacca
‘Uma Primavera’, de Gabriela Amaral
‘Trabalhar Cansa’, de Juliana Rojas e Marco Dutra
Exibição fora de competição.
15h40 – Mostra João Pedro Rodrigues
‘Morrer como um homem’, de João Pedro Rodrigues
18h10 – Sessão Cineclube
‘O Sopro no Coração’ (Le Souffle au Coeur), de Louis Malle
20h20 – Première Brasil
‘Os Monstros’, de Guto parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes, Ricardo Pretti
Conversa com Luiz Pretti após a sessão.

 
SALA WALTER DA SILVEIRA

14h – Panorama Brasil
‘Carnavale’, de Carla Laudari
16h – Competitiva Baiana I
‘Lemon Lips’, de Marccela Vegah
‘Dalva’, de Filipe Wenceslau.
‘Chapeuzinho’, de Rafael Jardim
‘A morte de D.J em Paris’, de Igor Penna
Olho de Boi, de Diego Lisbo

DOMINGO (21/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

18h – Competitiva Nacional IV
‘Cellphone’, de Daniel Lisboa
‘Adormecidos’, de Clarissa Campolina
‘Avenida Brasília Formosa’, de Gabriel Mascaro
Conversa com os diretores após a sessão
20h30 – Competitiva Nacional V
‘O Menino Que Colhia Cascas’, de Joacélio Batista
‘A Amiga Americana’, de Ivo Lopes e Ricardo Pretti
‘A Alegria’, de Felipe Bragança e Marina Meliande
Conversa com os diretores após a sessão

 
ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

14h – Competitiva Nacional II
‘Mens Sana in Corpore Sano’, de Juliano Dornelles
‘Permanências’, de Ricardo Alves Júnior
‘O Céu Sobre Os Ombros’, de Sérgio Borges
16h20 – Panorama Internacional
‘Verão de Golias’ (Verano de Goliah), de Nicolás Pereda
17h50 – Homenagem à Geraldo Sarno
‘Viramundo’, de Geraldo Sarno
‘O Último Romance de Balzac’, de Geraldo Sarno
Conversa com o diretor após a sessão
20h30 – Sessão 5 Anos DocDoma Filmes
‘Na Terra do Sol’, de Lula Oliveira
‘Vermelho Rubro do Céu da Boca, de Sofia Federico
‘Paralelos’, de Alexandre Basso
‘Premonição’, de Pedro Abib
Conversa com os diretores após a sessão

SALA WALTER DA SILVEIRA

14h – Panorama Brasil
‘Leite e Ferro’, de Cláudia Priscilla
16h – Competitiva Baiana II
‘Tragédia do Tamanduá’, de George Neri
‘Pérola do Semiárido’, Igor Souto
‘Os Martinez’, Violeta Martines
‘Corte Seco’, Matheus Vianna
‘Curandeiros do Jarê’, Marcelo Abreu Góis

SEGUNDA-FEIRA (22/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

18h – Mostra João Pedro Rodrigues
‘Odete’, de João Pedro Rodrigues
Conversa com o diretor após a sessão
20h30 – Competitiva Nacional VI
‘Número Zero’, de Claudia Nunes
‘Raz’, de André Lavaquial
‘Trampolim Do Forte’, de João Rodrigo Mattos
Conversa com os diretores após a sessão

 
ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

14h – Competitiva Nacional V
‘O Menino Que Colhia Cascas’, de Joacélio Batista
‘A Amiga Americana’, de Ivo Lopes e Ricardo Pretti
‘A Alegria’, de Felipe Bragança e Marina Meliande
16h40 – Competitiva Nacional III
‘Canoa Quebrada’, de Guile Martins
‘Oma’, de Michael Wahrmann
‘Laura’, de Fellipe Gamarosa
18h20 – Competitiva Baiana I
‘Lemon Lips’, de Marccela Vegah
‘Dalva’, de Filipe Wenceslau
‘Chapeuzinho’, de Rafael Jardim
‘A morte de D.J em Paris’, de Igor Penna
‘Olho de Boi’, de Diego Lisboa
Conversa com os diretores após a sessão
20h10 – Panorama Internacional
‘A Vida Útil’ (La Vida Útil), de Federico Veiroj
21h30 – Mostra Coisa Linda de Cinema – Sessão Marcha
‘O Amor do Palhaço’, de Armando Praça
‘Sexo e Claustro’, de Cláudia Priscila
‘Os Sapatos de Aristeu’, de René Guerra
‘Eu Não Quero Voltar Sozinho’, de Daniel Ribeiro
 
SALA WALTER DA SILVEIRA

14h – Panorama Brasil
‘Futebol de Várzea’, de Marc Dourdin
16h00 – Mostra Coisa Linda de Cinema – Sessão Brilho
‘Homem Ave’, de Rafael Saar
‘Doce e Salgado’, de Chico Lacerda
‘Lua Verde’, de Simon Paetau
‘Rasga Minha Roupa’, de Luffe Steffen
‘A Mona do Lotação’, de Daniel Ribeiro e Eduardo Mattos
‘Tá’, de Felipe Sholl
17h30 – Panorama Brasil
‘Morada’, de Joana Oliveira

TERÇA-FEIRA (23/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

18h – Mostra João Pedro Rodrigues
‘O Fantasma’, de João Pedro Rodrigues
Conversa com o diretor após a sessão
20h15 – Competitiva Nacional VII
‘Lindeiras’, de Bruno Saphira
‘Náufragos’, de Gabriela Amaral Almeida e Matheus Rocha
‘Transeunte’, de Eryk Rocha
Conversa com os diretores após a sessão

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

14h – Competitiva Nacional VI
‘Número Zero’, de Claudia Nunes
‘Raz, de André Lavaquial
‘Trampolim Do Forte’, de João Rodrigo Mattos
16h30 – Competitiva Nacional IV
‘Cellphone, de Daniel Lisboa
‘Adormecidos’, de Clarissa Campolina
‘Avenida Brasília Formosa’, de Gabriel Mascaro
18h30 – Competitiva Baiana II
‘Tragédia do Tamanduá’, de George Neri
‘Pérola do Semiárido’, Igor Souto
‘Os Martinez’, Violeta Martines
‘Corte Seco’, Matheus Vianna
‘Curandeiros do Jarê’, Marcelo Abreu Góis
Conversa com os diretores após a sessão
20h45 – Panorama Internacional
‘A Serbian Film’, de Srdjan Spasojevic

SALA WALTER DA SILVEIRA

14h Panorama Brasil
‘Luzeiro Volante’, de Tavinho Teixeira
15h20 Homenagem Geraldo Sarno
‘Coronel Delmiro Gouveia’, de Geraldo Sarno
17h10 – Mostra Coisa Linda de Cinema – Sessão Marcha
‘O Amor do Palhaço’, de Armando Praça
‘Sexo e Claustro’, de Cláudia Priscila
‘Os Sapatos de Aristeu’, de René Guerra
‘Eu Não Quero Voltar Sozinho,’ de Daniel Ribeiro

 
QUARTA-FEIRA (24/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

18h – Competitiva Nacional VIII
‘Praça Walt Disney’, de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira
‘A Dama Do Peixoto’, de Douglas Soares e Allan Ribeiro
‘Vigias’, de Marcelo Lordello
Conversa com os diretores após a sessão.
20h30 – Première Brasil
‘Jardim Das Folhas Sagradas’, de Pola Ribeiro

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

14h – Competitiva Nacional VII
‘Lindeiras’, de Bruno Saphira
‘Náufragos’, de Gabriela Amaral Almeida e Matheus Rocha
‘Transeunte’, de Eryk Rocha
17h – Mostra João Pedro Rodrigues
‘Odete’, de João Pedro Rodrigues
‘Além da estrada’, de Charly Braun
Conversa com o diretor após a sessão
21h10 – Mostra Coisa Linda de Cinema – Sessão Brilho
‘Homem Ave’, de Rafael Saar
‘Doce e Salgado’, de Chico Lacerda
‘Lua Verde’, de Simon Paetau
‘Rasga Minha Roupa’, de Luffe Steffen
‘A Mona do Lotação’, de Daniel Ribeiro e Eduardo Mattos
‘Tá’, de Felipe Sholl

QUINTA-FEIRA (25/08)

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 2

18h – Sessão Cineclube
‘Após a reconciliação’ (Après la réconciliation), de Anne-Marie Mieville

19h30 – Première Brasil
‘Contagem’, de Gabriel Martins e Maurílio Martins
‘Riscado’, de Gustavo Pizzi. RJ, 85’, cor, digital, 2010.
Conversa com os diretores após a sessão.
21h45 – Premiação.

ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA – SALA 3

13h – Competitiva Nacional VIIIPraça Walt Disney, de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira
‘A Dama Do Peixoto’, de Douglas Soares e Allan Ribeiro
‘Vigias’, de Marcelo Lordello
15h – Homenagem à Geraldo Sarno
‘Viramundo’, de Geraldo Sarno
‘O Último Romance de Balzac’, de Geraldo Sarno
17h10 – Panorama Internacional
‘Verão de Golias’ (Verano de Goliah), de Nicolás Pereda
18h40 – Panorama Internacional
‘Caminho Para o Nada’ (Road To Nowhere), de Monte Hellman
21h10 – Panorama Internacional
‘A Serbian Film’, de Srdjan Spasojevic

 
ENCONTROS E DEBATES

O resultado dos encontros e debates se transformarão em um livro a ser publicado e distribuído para escolas, cineclubes e pontos de cultura por todo o Brasil.

O cinema de João Pedro Rodrigues
Dia 19/08, sexta-feira, 11h, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

Conversa com o cineasta português João Pedro Rodrigues, convidado do VII Panorama Internacional Coisa de Cinema, que exibe os três longas do diretor: O Fantasma, Odete e Morrer como um Homem, filmes que partem do real para atingir o fantástico, numa busca por colocar o corpo e o desejo no cinema.

Mediação: Cláudio Marques.

A trajetória da produtora Sara Silveira

Dia 20/08, sábado, 11h, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

Bate papo com Sara Silveira, uma das mais atuantes produtoras brasileiras. Fundadora, em parceria com Carlos Reichenbach, da Dezenove Som e Imagens, Sara investe num cinema autoral e independente. Produziu, entre outros, Cinema Aspirinas e Urubus, de Marcelo Gomes, Durval Discos e É Proibido Fumar, de Anna Muylaert e, recentemente, Trabalhar Cansa, o primeiro longa de Juliana Rojas e Marco Dutra.

Mediação: Cláudio Marques

Quando a relação diretor x personagem vira filme

Dia 21/08, domingo, 10h, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

O documentário contemporâneo vem incorporando as negociações, desejos e intenções entre diretor e personagens aos filme.

Convidados: Fellipe Gamarosa (Diretor de Laura) e Michael Wahrmann (diretor de Oma).

Mediação: Mohamed Bamba, professor de cinema da UFBA.

O cinema de gênero no Brasil

Dia 21/08, domingo, 11h, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

Novas produções apontam um caminho até então pouco explorado no cinema brasileiro. Trata-se de filmes que desafiam as convenções do realismo e flertam com o suspense, o terror e o sobrenatural.

Convidados: Marco Dutra (diretor de Trabalhar Cansa) e Gabriela Amaral (diretora de Náufragos e Uma Primavera).

Mediação: Adolfo Gomes, crítico de cinema e programador da Sala Walter da Silveira.

O Coletivo no Cinema

Dia 22/08, segunda-feira, 11h, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

Mesa de debate com realizadores, de diferentes estados, que viabilizam suas produções através dos coletivos de cinema.

Convidados: Clarissa Campolina (Teia, MG), João Rodrigo (Docdoma Filmes, BA), Leonardo Lacca (Trincheira, PE) e Luiz Pretti (Alumbramento, CE).

Mediação: João Carlos Sampaio, jornalista e crítico de cinema.

Cinema de Ator

Dia 23/08, terça-feira, 11h, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha

Bate-papo com o ator pernambucano Irandhir Santos, que destaca-se em inúmeros filmes brasileiros, entre eles Tropa de Elite 2 e Cinema, Aspirinas e Urubus. Recentemente, Irandhir ganhou o prêmio de melhor ator no Festival de Cinema de Paulínia, 2011, com Febre do Rato, de Cláudio Assis.

Mediação: Cláudio Marques

O lugar da Política no Cinema

Dia 24/03, quarta-feira, 11hs, Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema Glauber Rocha

Uma conversa sobre política e cinema, com Geraldo Sarno e Eryk Rocha.

Mediação: Cláudio Marques

Ingressos:
R$ 10 e R$ 5
Passaporte – R$ 30 (para assistir 10 filmes)
*Serão disponibilizados 30 passaportes.