Conexões e Negócios

Networking: 3 dicas para fortalecer a sua rede profissional

Grandes empresários e empreendedores dedicam tempo à presença em cursos, encontros, reuniões, viagens e eventos

Rodrigo Almeida*

Quando você começa a empreender, quem costuma ser o seu primeiro cliente?

E quando você tem a ideia de abrir um negócio, para quem você confidência e pede conselhos?

Pois é amigos e amigas, rede de contatos é essencial tanto para a vida, quanto para os negócios.

Vital para empreendedores(as), a rede de relacionamentos profissionais, ou o famoso networking, tem início ainda na infância. “Já parou para pensar nos adultos que tiveram coleguinhas com pais bem-sucedidos e que isso facilitou a presença deles em alguns espaços?”. É sobre isso que estou falando.

Das interações sociais às relações com colegas de escola e faculdade, o networking consiste em manter constante, saudável e crescente a rede de contatos com outros profissionais.

Desafiador aos que têm vergonha ou dificuldade para se relacionar com novas pessoas, a interação social é condição básica para ampliação e qualidade desta rede, por isso, cada vez mais empresários e empreendedores dedicam tempo à presença em cursos, encontros, reuniões, viagens e eventos.

Para uns lazer e para outros trabalho, o trânsito social é uma forma estratégica do empreendedor gerar dinheiro através de novos negócios, aprendizados e conexões. É através dos relacionamentos genuínos que alguns espaços são abertos e oportunidades geradas. Eu sempre digo: não adianta ter todo o dinheiro do mundo, se você não conhece o dono da festa. Para receber o convite, você deve ser uma pessoa desejada e bem relacionada.


Participação em eventos fortifica as redes e aumenta as possibilidades de construir algo ‘legal’ (Foto: Reprodução)

Entendendo o valor que isso tem, profissionais e empresários que desejam – e até precisam – ampliar a sua participação no mercado, precisam incluir entre as suas estratégias de carreira e negócios, o investimento de tempo na construção e fortalecimento de relacionamentos.

Participação em eventos, reuniões presenciais, festas de aniversário, viagens, almoços, brunchs, jantares, telefonemas sem propósito e encontros com grupos aleatórios fortifica as redes e aumenta as possibilidades de construir algo ‘legal’.

Para auxiliar quem percebeu a ‘maldade no game’ e compreendeu a importância de um bom networking, listei três dicas simples e importantes para você começar agora!

  1. Seja acessível, gentil e educado(a). É complicado querer ser uma pessoa bem relacionada, sendo uma companhia desagradável. Respeite as diferenças, mantenha os vínculos e trate as pessoas bem;
  2. Às vezes para chegar no(a) presidente(a), você só precisa ser amigo(a) da secretária. Não faça distinção entre as pessoas, todas elas são importantes na sua rede. Entenda e naturalize isso, além de básico, essa atitude pode ser estratégica;
  3. Seja autêntico(a)! Pessoas verdadeiras transmitem confiança e geram admiração. Saiba ter opiniões, respeitando a opinião do outro. Valorize o seu aprendizado e não tenha medo de compartilhar.

Tão importante quanto manter a sua rede ativa e fortalecida, é acreditar nos seus sonhos e objetivos. Isso te dará perseverança e resiliência para seguir. Vai em frente!

Rodrigo Almeida* - @rodrigoalmeidarp
Relações Públicas, Mestre em Gestão e Tecnologia Industrial (SENAI - Cimatec), pós-graduando no programa de MBA em Tendências e Inovações, Palestrante, Professor Universitário de pós-graduação, Consultor e Diretor da agência CRIATIVOS.