Coronavírus

Brasil vai receber 842 mil doses da vacina da Pfizer através de consórcio em junho

Acordo entre o Brasil e o consórcio Covax Facility prevê a entrega de 42,5 milhões de doses de vacina

Redação iBahia

Em junho, o Brasil irá receber 842 mil doses de vacina da Pfizer através do consórcio Covax Facility, vinculado à Organização Mundial da Saúde (OMS). O anúncio foi feito em nota do Ministério da Saúde e Itamaraty na noite desta segunda-feira (12).

O acordo entre o Brasil e o consórcio prevê a entrega de 42,5 milhões de doses de vacina, mas, até o momento, só foram entregues ao país um pouco mais de 1 milhão de doses.

A primeira remessa prevista no contrato com o Covax chegou ao país no final de março, com 1.002.400 doses do imunizante AstraZeneca/Oxford.



Além das vacinas que chegarão através do consórcio, o Brasil fechou um contrato direto com a Pfizer, assinado em meados de março. O contrato prevê a entrega de 100 milhões de doses e a expectativa é que essas sejam entregues até 2021. 13,5 milhões seriam entregues entre abril e junho e 86,5 milhões de julho a setembro.