Coronavírus

Bruno Reis anuncia novas unidades de combate à Covid-19 em Salvador

Unidades de Saúde da Família (USFs) serão transformadas em 'mini-UPAs' para atender demanda da cidade

Redação iBahia (redacao@ibahia.com)
- Atualizada em

Nesta sexta-feira (14), o prefeito Bruno Reis anunciou, durante a inauguração do Cras Nordeste/Lucaia, novas unidades de combate a Covid-19 em Salvador. A medida foi implementada para auxiliar nos atendimentos de urgência da capital baiana. 

Segundo o gestor municipal, as Unidades de Saúde da Família (USFs) do IAPI, Pirajá, Imbuí e Itapuã serão transformadas em "mini-UPAS". Também foi anunciada a reabertura do gripário Santo Inácio/Pirajá na próxima quinta-feira (20). 

Com as novas unidades, Salvador passa a ter 26 locais para atender à demanda e vazão em condições normais. Segundo o prefeito, são 10 unidades municipais, três do Estado, cinco pronto-atendimentos, quatro gripários e, agora, mais quatro unidades que irão virar mini-UPAs.

Bruno Reis ainda ressaltou que a maioria dos pacientes à procura das unidades de pronto-atendimento da cidade, sofre de problemas vasculares, AVC, infarto e câncer. Segundo ele, os casos são fruto de uma demanda reprimida causada pela pandemia. 

Outro ponto abordado pelo prefeito foi a ocupação de leitos por pacientes do interior.

“Hoje, 78% dos leitos de UTI e enfermaria estão ocupados por pacientes do interior. Nunca fizemos essa distinção. São todos irmãos nossos, baianos, e que têm direito de lutar por suas vidas”, completou.

O prefeito Bruno Reis finalizou a falar fazendo um alerta sobre os frequentes aumentos de casos de coronavírus na cidade. Neste momento, a capital baiana registra 62% de ocupação de leitos de UTI.