Coronavírus

Covid-19, nutrição e imunidade: o que aprendemos?

Uma rotina com alimentação balanceada dá uma força especial para o sistema imunológico

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A relação entre saúde e uma dieta balanceada já é amplamente conhecido. Uma dieta balanceada com proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais auxilia o nosso sistema imunológico no combate de doenças, inclusive da covid-19.

Um melhor desempenho do sistema imunológico deve ser entendido como um processo contínuo e construído ao longo do tempo, ou seja, só um dia de alimentação saudável não é o suficiente pra dar essa ajuda especial para o corpo. Um acompanhamento clínico feito com mais de 500 pacientes de covid-19 dos principais hospitais de São Paulo mostrou como essa relação entre a doença, nutrição e imunidade funcionam na prática. 

"Uma alimentação balanceada, com a ingestão de proteínas, carboidratos e gorduras, além de micronutrientes como vitaminas e minerais é essencial para a manutenção adequada das defesas do organismo", explica o Dr. Daniel Magnoni, chefe de nutrologia do Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo. 

  • Nutrição de pessoas infectadas pelo novo coronavírus

Estes é um ponto que precisa ser tratado com muita atenção, independente do infectado estar em casa ou no hospital. Nesses casos, a utilização de nutrientes é essencial e a indicação de suplementos especiais que estimulam a imunidade e a formação de músculos é um ponto a ser considerado, desde que tenham indicação médica

"Os mais indicados devem mesclar, principalmente, vitamina D, vitamina B12 e Cálcio. O mercado neste sentido oferece excelentes opções de suplementos, inclusive uma nova geração, em gomas, mais práticas e com doses diárias completas dos principais nutrientes", diz Dr. Magnoni.

Além da nutrição, outros fatores também são super importantes para dar esse "up" na imunidade. A prática regular de atividades físicas, noites de sono de qualidade e a saúde intestinal exercem papel fundamental neste tema.