Coronavírus

Estados Unidos associa vacina da Janssen e a síndrome de Guillain-Barré

Síndrome de Guillain-Barré é uma condição neurológica rara em que o sistema imunológico do corpo ataca as células nervosas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Os Estados Unidos, através da Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA), acrescentou nesta segunda-feira (13) um alerta à bula da vacina Janssen, produzida pela Johnson & Jonhson, contra a Covid-19. Segundo a agência americana, dados sugerem que há risco de um raro distúrbio neurológico nas seis semanas após a imunização.

Em uma carta à empresa, a FDA classificou a chance de contrair a síndrome de Guillain-Barré (GBS) após a vacinação como sendo "muito baixa", mas afirmou que aqueles que tomaram a vacina devem procurar atendimento médico se apresentarem sintomas como fraqueza ou formigamento, dificuldade para andar ou realizar movimentos faciais.

A síndrome de Guillain-Barré é uma condição neurológica rara em que o sistema imunológico do corpo ataca as células nervosas. A maioria dos casos ocorre após uma infecção bacteriana ou viral. A maioria das pessoas se recupera totalmente da GBS.