Coronavírus

Mutirão de vacinação da 2ª dose contra covid-19 termina nesta quarta (2)

A estratégia acontece das 8h às 15h

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

O mutirão de vacinação da 2ª dose contra Covid-19 termina nesta quarta (2). A estratégia, que acontece das 8h às 15h, é voltada para aqueles que possuem data marcada no cartão de vacinação até o dia 6 de junho. As pessoas também podem consultar se já pode receber a segunda dose no site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no endereço www.saude.salvador.ba.gov.br .

A SMS chama a atenção deste público porque, com a previsão da chegada de novo lote de imunizantes na capital baiana, toda estrutura da rede será direcionada para aplicação da primeira dose, que está suspensa neste momento por falta de vacinas. 

A estratégia acontecerá por demanda aberta para a segunda dose tanto da CoronaVac quanto da Oxford. No caso da Oxford, também é possível agendar a vacinação no site Hora Marcada, no endereço vacinahoramarcada.saude.salvador.ba.gov.br.

Os pontos de aplicação da CoronaVac são a Unijorge Paralela (drive e fixo) e UBS Nelson Piauhy Dourado – Águas Claras (fixo). Já a aplicação da Oxford acontece nos drive-thrus no 5º Centro de Saúde – Barris, Vila Militar – Dendezeiros e Atakadão Atakarejo – Fazenda Coutos; e nos pontos fixos no 5º Centro de Saúde; USF Teotônio Vilela II – Nova Brasília de Valéria, Cajazeiras X e Colégio da Polícia Militar – Dendezeiros. 

Baixa procura – Mais de 22,6 mil pessoas ainda não procuraram os pontos de imunização para completar o esquema vacinal com a aplicação da segunda dose do imunizante contra Covid-19 em Salvador. No total, são pouco mais de 16,5 mil indivíduos habilitados para receber a 2ª dose da CoronaVac e outras 6,1 mil pessoas com data de retorno atrasada para dose complementar da Oxford na cidade.

Para reduzir esses números, a Secretaria Municipal da Saúde está realizando a busca ativa do grupo de faltantes da estratégia de imunização. Além de mensagens de texto encaminhadas para o celular desses indivíduos alertando sobre a importância da dose complementar para assegurar a imunidade satisfatória, agentes comunitários e de combates às endemias estão realizando visitas domiciliares para convocação do público.