Coronavírus

Prefeitura de Salvador prorroga medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19

Cinemas, teatros e demais casas de espetáculo continuam fechados

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O prefeito de Salvador, Bruno Reis anunciou nesta quarta-feira (20) a extensão dos decretos que estabelecem restrições em algumas atividades comerciais para enfrentamento à Covid-19. Foi prorrogado até o próximo dia 26 a proibição da comercialização e consumo de bebidas em espaços públicos no Rio Vermelho e Itapuã, de sexta-feira a domingo, das 17h às 7h do dia seguinte.  

Ainda nesses dois bairros, segue proibida a comercialização, pelos bares e restaurantes, de alimentos e bebidas para pessoas que estejam em pé, tanto nas áreas internas quanto externas, bem como a obrigatoriedade da delimitação entre os estabelecimentos com utilização de barreiras físicas. 

O decreto que suspende o funcionamento de cinemas, teatros e demais casas de espetáculo na capital baiana também foi prorrogado até o dia 26. A determinação proíbe eventos sociais nos clubes, inclusive recreativos e esportivos, a exemplo de festas, apresentações artísticas, aniversários, formaturas e casamentos, além do funcionamento de bares e lanchonetes nesses locais. A abertura de restaurantes é permitida apenas naqueles clubes que possuam entradas independentes para esses espaço.   

Outra medida prevista é a abertura de mais 10 leitos no Hospital Santa Clara, no Itaigara, na próxima semana. Com isso, a cidade praticamente terá a mesma quantidade de leitos exclusivos para pacientes com o novo coronavírus que tinha no pico da primeira onda da pandemia.