Coronavírus

Sem matéria-prima, Butantan para produção da CoronaVac nesta sexta (14)

Instituto aguarda a liberação do governo chinês de um lote com 10 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para retomar a produção

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Por falta de matéria-primeira, o Instituto Butantan irá suspender completamente a produção da CoronaVac, vacina contra covid-19, nesta sexta-feira (13). A informação foi dada pelo próprio Instituto, que aguarda a liberação do governo chinês de um lote com 10 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para retomar a produção.

Em abril, o Butantan já havia precisado suspender o envase da CoronaVac pelo mesmo motivo. Mas os setores de rotulagem e controle de qualidade ainda funcionavam para entre as doses ao Ministério Público.

Nesta sexta-feira (14), está prevista a entrega de mais 1,1 milhão de doses de doses da CoronaVac para o governo federal, finalizando qualquer material no Instituto. 

O Butantan aguardava a liberação de ao menos 3 mil litros de IFA até o sábado (15). No entanto, o diretor do Instituto, Dimas Covas, afirmou nesta quarta (12) que não há mais previsão de quando a matéria-prima deve chegar.