Coronavírus

Síndrome pós covid: clínica universitária oferece atendimento interdisciplinar em Salvador

Ambulatório reúne 6 áreas para atendimento exclusivo e integral. As vagas são limitadas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Não há, em 2021, quem não tenha se alarmado diante da pandemia da covid-19 e da evolução da doença. O que muita gente desconhece é que, passado o quadro agudo, o coronavírus ainda pode deixar rastros. Essas sequelas, por assim dizer, compõem a chamada Síndrome Pós-Covid.

De acordo com a médica Rosário von Flach, que também é professora do curso de Medicina da UniFTC, os sintomas podem ser graves. 

“Os sintomas vão desde fadiga a complicação cardíacas graves, além de déficits neurológicos e depressão. Diante dessa variedade, a OMS vem recomendando uma abordagem multidisciplinar no tratamento desses pacientes”, explica a médica responsável ainda pelo Ambulatório de Síndrome Pós-Covid da universidade. 

O projeto envolve, além da Medicina, os cursos de Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia. O objetivo é atender cada paciente integralmente, mas focando nas especificidades de cada sintoma apresentado.

Ao dar entrada no ambulatório, o paciente passa por uma Avaliação Global Inicial. Muito mais aprofundada e detalhista que uma consulta rotineira, a avaliação dura cerca de 60 minutos e conta com um time multidisciplinar trabalhando em total integração. Justamente por esse caráter mais cuidadoso, as vagas são limitadas a 24 atendimentos na semana. Para agendar, basta entrar em contato no telefone (71) 98637-5159. Os atendimentos acontecem às terças-feiras, no Centro Universitário UniFTC da Paralela, em Salvador.