Coronavírus

Toque de recolher não altera o funcionamento do Aeroporto de Salvador

Medida começa a valer na Bahia nesta sexta-feira (19), por sete dias

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Mesmo com o toque de recolher que entra em vigor na Bahia a partir desta sexta-feira (19), o Aeroporto de Salvador não terá o funcionamento interrompido durante o decreto. As partidas e chegadas permanecem inalteradas.

Publicada no dia 16 de janeiro, a medida garante ainda que os profissionais que trabalham no principal terminal aéreo do estado se desloquem entre suas residências e o trabalho, garantindo a logística dos passageiros.

“Entendemos a importância do decreto e, como serviço essencial, reafirmamos os cuidados com os protocolos sanitários. Tanto a administração do aeroporto, como as empresas que operam no terminal, estão definindo logísticas que garantam o funcionamento do equipamento, viabilizando que as equipes trabalhem normalmente para atendimento dos passageiros que embarcam ou desembarcam na capital baiana durante os dias definidos no decreto do toque de recolher”, reforça Julio Ribas, CEO do Aeroporto de Salvador.

A direção do aeroporto ressalta a importância dos passageiros estejam atentos, principalmente, ao deslocamento até o terminal nos horários de restrição, uma vez que serão permitidos transportes privados de passageiros, em táxis ou por aplicativos.
Vale confirmar o voo junto à companhia aérea e manter os cartões de embarque em mãos no trajeto até o aeroporto
 
No período definido no decreto, o aeroporto tem previstos 298 voos entre as 22h e as 05h, com cerca de 36 mil passageiros sendo embarcados e desembarcados.

Os protocolos sanitários, como uso obrigatório de máscaras, sinalizações sobre distanciamento e uso de álcool em gel, seguem inalterados, bem como o trabalho das equipes para evitar aglomerações.