Coronavírus

Vacinação em Salvador: saiba como vai funcionar o aplicativo 'detetive fura-fila'

De acordo com o prefeito, a ferramenta vai ajudar a coibir situações em que pessoas que não fazem parte do público prioritário da imunização contra a Covid-19 recebam a dose indevidamente

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta quinta-feira (28), a Prefeitura de Salvador  o aplicativo “Detetive Fura-Fila” para que a população possa fazer denúncias de eventuais irregularidades da vacinação contra o novo coronavírus.

Os detalhes foram apresentados pelo prefeito Bruno Reis e pelo titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, durante coletiva realizada na Arena Fonte Nova, em Nazaré, que marcou também o início da vacinação drive-thru para profissionais de 27 hospitais de Salvador.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom 

De acordo com o prefeito, a ferramenta vai ajudar a coibir situações em que pessoas que não fazem parte do público prioritário da imunização contra a Covid-19 recebam a dose indevidamente. “A Prefeitura vem tomando medidas para evitar qualquer tipo de fraude. Espero que não ocorra nenhum tipo de incidente e que haja consciência das pessoas nesse momento. Estamos fazendo a vacinação em etapas, com todo o cuidado rigoroso das normas técnicas do Ministério da Saúde para coibir o fura-fila”, assegurou Bruno Reis.

O Detetive Fura-Fila permite fazer denúncia anônima ou identificada através de e-mail e WhatsApp. Há campos para os quais o cidadão preenche local, data e relato da ocorrência, enviando, inclusive, foto comprobatória da irregularidade.