Mundo

Alemanha confisca 35 toneladas de spinners, novo brinquedo da moda

Partes do produto podem cair e seriam perigosos para crianças

Redação Correio 24h
A Alemanha confiscou 35 toneladas de spinners, novos brinquedinhos da moda. Vindos da China, os produtos foram apreendidos no Aeroporto de Frankfurt no final de maio. O spinner é um dispositivo com três pontas arredondadas que ao ser apertado começa a girar. 
Segundo o The New York Times, as autoridades alemãs testaram os spinners e descobriram que partes do equipamento podiam cair, como as luzes de LED, o que aumentaria risco de crianças pequenas acabarem engasgando colocando o produto na boca. 
Foto: Reprodução
“Também estão faltando outras informações, como instruções legíveis e informações sobre qual companhia produziu o produto”, afirma a porta-voz do aeroporto, Christine Strauss. Ela diz ainda que os brinquedos apreendidos devem ser destruídos.
Ainda em maio, sites americanos noticiaram que uma menina de 10 anos engoliu um spinner. Segundo o Dallas News, Britton Joniec teria colocado o produto na boca para limpar uma parte dele, mas acabou engolindo. O brinquedo ficou preso no esôfago da criança. 
A mãe levou Britton até a emergência e de lá ela foi transferida para o Texas Children's Hospital para retirada do spinner.  O relato da mãe, Kelly Rose Joniec, também foi compartilhado no Facebook. “Nem todos os spinners vem com advertências em relação a idade. As pontas do brinquedo saem tão fácil… Mantenham em mente que há um perigo potencial de asfixia”, escreveu.
O spinner foi criado em 1990, nos EUA, para ajudar crianças com déficit de atenção e hiperatividade. O brinquedo tem feito muito sucesso recentemente - em grandes lojas de varejo, no Brasil, já é vendido a partir de R$ 20.
O Inmetro alerta que esse brinquedo é contraindicado para crianças com idade inferior a 6 anos. Mesmo assim, o órgão orienta que ele seja utilizado pelas crianças sob supervisão de um adulto.