Mundo

Alemãs são presas por ‘flash mob’ confundido com ataque; veja vídeo

Ato causou pânico e tensão em cidade da Costa Brava, na Catalunha

Agência O Globo
- Atualizada em



Cinco jovens alemãs foram detidas por terem organizado um ‘flash mob’ na orla de Platja d'Aro, na turística Costa Brava catalã. O que parecia ser apenas uma encenação acabou causando pânico ao ser confundida com ataque, anunciou nesta quarta-feira a polícia regional da Catalunha.


O ‘flash mob’, uma rápida reunião de um grupo de pessoas para executar uma ação, ocorreu na terça-feira à noite, quando a área estava cheia de turistas. O ato consistia em simular que uma pessoa do grupo era famosa e as outras a perseguiam para tirar fotos.


A perseguição foi confundida com um possível ataque indiscriminado, como ocorreu em Nice em 14 de julho, no qual 84 pessoas morreram, e gerou cenas de pânico, com uma debandada de pessoas fugindo do lugar.


Em vídeos postados nas redes sociais, é possível ver pessoas correndo em pânico, gritando, com clientes escondidos em restaurantes e mesas e pratos jogados no chão enquanto algumas crianças choravam.


"Há coisas que não admitem brincadeiras", criticou em sua conta no Twitter o presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont.


A prefeitura de Platja d'Aro planeja tomar medidas contra as jovens, informou o prefeito Pep Solé a uma rádio catalã.




— Minha intenção e do governo municipal é que tenha consequências para que isso não aconteça de novo.


Onze pessoas tiveram que ser atendidas pelos serviços médicos por contusões, ataques de ansiedade e até mesmo taquicardia, informou a polícia em um comunicado.


As alemãs, entre 20 e 25 anos, eram as monitoras de um grupo de adolescentes que estava de férias na Espanha, disse um porta-voz da polícia. As cinco vão comparecer nesta quarta-feira ante o juiz acusadas por crime contra a ordem pública.