Tecnologia

Amazon lançará fones sem fio para concorrer com os AirPods da Apple

Objetivo é embutir assistente digital Alexa na novidade, que permitirá usar comandos de voz para fazer compras

Agência O Globo
- Atualizada em

A Amazon está tentando uma nova estratégia para tornar seu assistente digital Alexa um serviço móvel: fones de ouvido sem fio para concorrer com os AirPods da Apple.

A gigante do comércio eletrônico deve lançar os novos fones, com o Alexa embutido, ainda este ano, no segundo semestre, segundo fontes com conhecimento do assunto. Eles serão parecidos com os AirPods, mas terão melhor  qualidade de áudio, dizem as fontes. Seu design, como o dos rivais da Apple, permitirá ao usuário encaixá-los nos ouvidos sem a necessidade de suportes nas orelhas.

A novidade é um dos projetos mais importantes no momento na divisão de hardware Lab126, da Amazon. A empresa também desenvolve um robô doméstico que vai interagir com os usuários do assistente digital.


Os fones reagirão a comandos de voz para fazer compras on-line, acessar playlists de música, saber informações sobre o clima e outros dados. Bastará dizer "Alexa". Com gestos, como um leve toque no fone, será possível atender e desligar telefonemas pausando uma música, por exemplo.

A Amazon não quis comentar sobre o assunto. Os AirPods, da Apple, custam entre US$ 159 e US$ 199. Os fones da Amazon provavelmente sairão a preços mais baixos.

Até agora, a falta de um smartphone e de um sistema operacional próprio foram fatores que frustraram o crescimento do Alexa. Os assistentes digitais de Google e Apple têm uma grande base de usuários, pois já vêm embutidos em iPhones, iPads e smartphones e tablets Android.

Os fones da Amazon não terão conectividade nativa com celulares, e precisarão se ligar de forma wireless com um smartphone da Apple ou Android, o que a Amazon já provê em apps para o Alexa.

Os fones virão numa caixa que servirá como carregador e poderá ser conectada a portas USB. As cores iniciais dos fones serão o preto e o cinza, de acordo com as fontes. Headphones sem fio são uma categoria crescente de computação "vestível". Só nos EUA, 12,5 milhões de pares foram vendidos no último trimestre do ano passado, segundo dados da Counterpoint Research. Os AirPods têm 60% do mercado.