Saúde

ANS suspende a venda de 38 planos de saúde a partir de hoje

No primeiro trimestre deste ano, a agência registrou 14.537 queixas referente a problemas assistenciais

Agência O Globo

Problemas com cobertura assistencial, como negativas e demora no atendimento, levaram a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a determinar a suspensão da venda de 38 planos de saúde de 14 operadoras. A medida passa a valer a partir desta sexta-feira (9). Além disso, as empresas que negaram indevidamente cobertura podem receber multa que varia de R$ 80 mil a R$ 250 mil.

A diretora de Normas e Habilitação de Produtos da agência, Karla Santa Cruz Coelho, ressalta que a suspensão tem um caráter de proteção dos 739 mil beneficiários desses planos, pois ao impedir novas vendas, a meta é que as empresas qualifiquem o atendimento dos consumidores que já fazem parte da sua carteira.

A Caixa Seguradora Especializada em Saúde é a empresa com maior número de planos suspensos, dez, seguida pela Salutar Saúde Seguradora que teve seis produtos com venda proibida pela reguladora. A GEAP concentra, no entanto, o maior volume de beneficiários nos dois planos que foram identificados problemas de atendimento. O GeapFamília e GeapSAúdeII totalizando 368.550 mil usuários.

Das 14 empresas que tiveram planos suspensos neste ciclo do Programa de Monitoramento e Garantia de Atendimento, quatro tinham produtos com venda proibida no período quatro trimestre do ano passado.

No primeiro trimestre deste ano, a agência registrou 14.537 queixas referente a problemas assistenciais. Desse total, 88,1% foram resolvidas pela mediação da ANS.Por outro lado, a reguladora liberou seis operadoras a voltar a comercializar 30 produtos que estavam impedidos de serem vendidos. Segundo a agência, essa volta ao mercado acontece quando hé comprovada melhora no atendimento aos beneficiários. Das seis operadoras, três foram liberadas para voltar a comercializar todos os produtos que estavam suspensos, e três tiveram reativação parcial.

No site da ANS, os usuários de planos de saúde podem acompanhar a evolução das empresas em cada ciclo de monitoramento. Ou seja, quantos planos foram suspensos ou reativados.