Futebol

Após vitória magra, Jefferson pede paciência à torcida brasileira: "o mais importante é vencer"

Goleiro titular da Seleção projeta Copa América e comenta as vaias no final do jogo contra Honduras

GOAL

Redação GoalO goleiro da Seleção Brasileira, Jefferson, minimizou as vaias para a equipe nos minutos finais da vitória contra Honduras, por 1 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Nos 10 minutos finais do amistoso, a equipe comandada por Dunga tocava a bola de forma desinteressada.A torcida gaúcha chegou a gritar "olé", minutos depois, quando os hondurenhos tocavam a bola, entre eles, tentando procurar espaços no sistema defensivo brasileiro. O jogador do Botafogo pediu calma após a partida."A torcida no Brasil é exigente, a gente respeita, mas [eles] tem que entender que o mais importante é vencer. A gente vem jogar aqui no Brasil, acho que tem que ter um pouco mais de paciência, pois foi o último jogo antes da competição. Agora que começa pra valer mesmo", disse Jefferson ao Goal.Confira o restante do papo com Jefferson:Principais adversárias do Brasil na Copa América"Tem muitas seleções que estão se reformulando, a própria Argentina, Uruguai, o Chile que está jogando em casa. São as seleções que estão bem".Crescimento durante a competição"Sem dúvida [a Copa América será uma parada dura]. É bom, pra gente crescer na competição e com certeza [a competição] será uma boa preparação para a Copa [do Mundo] de 2018".