Arte e Decoração

Arquitetas dão dicas para o melhor uso das mesinhas de apoio na sua casa

Multifuncionais, elas garantem praticidade e podem fazer parte da decoração

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Durante a montagem da decoração da casa, alguns objetos são indispensáveis. Pode se dizer que as mesas laterais e de apoio estão nesse grupo. A alta usabilidade e a capacidade de adaptação a diferentes ambientes fazem delas um item importante no lar.

“Multifuncionais e extremamente versáteis, as mesinhas são peças curinga na decoração, ajudando a otimizar o espaço”, opina Carina Korman, do escritório Korman Arquitetos. Ieda Korman, sócia do escritório, destaca a praticidade do objeto. “Elas podem ocupar um cantinho da casa e facilmente serem movidas para outro espaço, caso haja necessidade”, aponta.

Apesar de permitir diferentes composições, Carina e Ieda Korman ressaltam algumas regras. “Para coordenar mesas laterais com sofás e poltronas, é importante levar em conta sua altura”, explicam. Segundo as profissionais, uma mesa lateral não deve ser baixa como uma mesa de centro, mas também não pode ser muito alta. “Idealmente, sua altura deve ser compatível com a do braço do sofá, permitindo fácil alcance para quem estiver sentado”, indicam.

As arquitetas também apontam que a escolha acertada de acabamento é essencial para uma boa mesa lateral ou de apoio. “Elas devem traduzir a essência do ambiente, mas também precisam estar de acordo com sua função”, pontua Carina. Assim, mesas que receberão copos ou vasos devem ser de materiais resistentes, como o vidro e laminado. Mesinhas com estrutura de metal são elegantes e contribuem para um visual minimalista, quando com um design de traços simples. A madeira traz aconchego e rusticidade, ao passo que o mármore é ideal para projetos clássicos e muito sofisticados.

“Muito versáteis, as mesas laterais e de apoio são ótimas para servirem como base para luminárias, telefones e adornos, podendo ter uso estendido até a varanda. No quarto, podem facilmente substituir a mesinha de cabeceira”, indicam. Uma ótima forma de unir funcionalidade com design, complementando a decoração do lar.