TV

Ator Sulivã Bispo fala sobre novo projeto 'Na Rédea Curta' na internet e teatro

Sulivã ainda falou sobre participação no programa 'Treme-Treme' no Multishow

Priscila Morais* (priscila.morais@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Quem aí não conhece os personagens 'Mainha' e 'Júnior' do 'Frases de Mainha'? Os atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy estão comandando agora um novo projeto chamado 'Na Rédea Curta'. Sulivã, que interpreta Mainha, conversou com o Portal iBahia sobre a nova aposta e adiantou novidades sobre o canal do Youtube e peça teatral. 

"Frases de Mainha foi um 'boom'. A gente chegou em um lugar que a gente não imaginava que ia chegar tão rápido e tomou conta da vida da gente, né? Viralizou de uma maneira louca, a gente fez trabalhos com o governo, com emissoras e grandes empresas, e aí a gente resolveu dar continuidade a isso. O grupo era formado inicialmente por quatro pessoas, e com o tempo fomos percebendo que o trabalho não estava sendo legal para todo mundo. Como esses personagens contam também muito da nossa história, muita gente se identifica. O texto é sobre uma mãe preta, uma mãe solteira, um menino, de uma família periférica, e falar disso é muito importante, eu e Thiago resolvemos continuar", disse Sulivã. 

Foto: Reprodução | Instagram
O ator, que fez participação no programa 'Treme-Treme' (Multishow), falou sobre este projeto, e ter a representatividade baiana em rede nacional. "Pra mim, é uma experiência incrível. Porque eu sempre digo que sou ator e virei humorista. Eu cheguei no elenco com Gustavo Mendes, Caique Luna, Fafy Siqueira e Marcia Cabrita, onde foi o último programa que ela gravou. Além disso, a gente estava dividindo pauta de espaço com o 'Vai Que Cola'. O 'Vai 'Que Cola' gravava segunda, terça e quarta e a gente quinta, sexta e sábado. Então estar nesse lugar é muito importante. Então, tem essa questão da representatividade, mas o poder de estar lá, é muito bacana. 

Antes de ser 'Mainha', Bispo relembrou o começo da sua trajetória nos palcos. "Eu comecei em 2009 no grupo com Lázaro Gomes. Fiquei três anos no bando teatro Olodum, fiz 'Áfricas', 'Ó Pai, ó', e já tive algumas indicações ao prêmio Braskem de teatro. Construir uma carreira enquanto ator negro, nessa cidade, é muito importante e muito difícil também, né? Porque é uma cidade que respira arte, mas quando você fala de negritude dentro desse espaço, é tudo muito fechado. Então, eu sei que eu sou uma exceção. Muita gente chega e fala: 'é tudo lindo e maravilhoso'. Não, não é. É muito difícil você resistir, porque o humor que a gente faz, por exemplo, não xinga, né? A gente procura falar bem da gente.  

No teatro, 'Mainha' e 'Júnior' se apresentam no próximo dia 29 de julho no Teatro Castro Alves. Na história, Júnior decide sair de casa, e Mainha terá que dar um jeito para não deixar o filho tomar essa atitude. Os ingressos custam R$0,50 e R$1 e o espetáculo começa às 11h. Na apresentação, Sulivã contou que terá novidades. "Vão ter participações especiais. O TCA daquele tamanho, só pra mim e meu filho, eu vou achar que é Daniela Mercury e Pepeu", brincou. 

Ainda segundo o ator, os vídeos do canal serão postados semanalmente. "Agenda de Mainha normal. Toda quinta-feira, às 20h, tem vídeo novo. Já saíram dois episódios. O primeiro 'ABC de Mainha' e o segundo 'Mainha não é Disquete'. Nesta quinta (12), tem o 'ABC de Mainha - Parte 2'.

Além do projeto 'Rédea Curta', os atores também estão com a peça 'Madame Satã', no dia 2 de agosto, no Teatro Martim Gonçalves. "O espetáculo conta a história de resistência, falando de assuntos super importantes, sobre esse grande ícone João Francisco, Madame Satã", finalizou Sulivã Bispo.  




*Sob orientação e supervisão da repórter Naiá Braga