Educação em Movimento

Aulão em Itabuna encerra 'com chave de ouro' Educação em Movimento 2015

Projeto passou por seis cidades baianas com foco no ENEM

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Depois de passar por Barreiras, Vitória Conquista, Juazeiro, Feira de Santana e Salvador, a edição de 2015 do Educação em Movimento foi encerrada em Itabuna, na noite desta terça-feira (20). O aulão, ministrado pelos professores Adão Albuquerque (Atualidades) e Zé Nilton (História) contou com a participação de alunos de Itabuna e Ilhéus que lotaram o auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Para o professor Adão, o cansaço dos alunos, às vésperas do ENEM, não impediu que a aula fosse um sucesso. A missão de manter os estudantes motivados foi alcançada, de acordo com o professor de Atualidades. O colega Zé Nilton fez coro e destacou a participação maciça dos presentes. "Foi um encerramento com chave de ouro", disse.

Após a revisão, os estudantes esperarão até os dia 24 e 25 de outubro, quando a prova do ENEM será realizada, para aplicar o conhecimento. Os portões serão aberto às 11h e fechado às 12h, no horário da Bahia, que não segue o horário de verão. As provas começam a ser aplicadas às 12h30 em todo o estado.  

O Educação em Movimento, que está no seu quinto ano, tem como intuito auxiliar na preparação para o exame de uma forma lúdica e prazerosa. O evento foi voltado para alunos de escolas públicas da Bahia. O projeto, uma iniciativa da Rede Bahia, teve o patrocínio da Secretaria de Educação, através do Governo do Estado da Bahia e Petrobras e o apoio da Braskem.Nesta quinta edição, o aulão atraiu em Salvador, na Arena Fonte Nova, cerca de 10 mil estudantes. Matendo a intenção de tornar a aprendizagem algo divertido, a aula começou com uma apresentação de hip-hop. Além disso, contou com shows das bandas Adão Negro e Jammil. 

Veja galeria de fotos