Saúde

Banho quente combate a depressão, diz estudo

Pesquisa acompanhou 45 voluntários com depressão severa e moderada durante 8 semanas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Já pensou em relaxar e ajudar no combate a depressão com um simples banho quente? Um estudo feito na Alemanha pela Universidade de Friburgo deu indícios de que o banho quente pode auxiliar no combate a depressão. O estudo acompanhou 45 voluntários com depressão severa e moderada durante 8 semanas, todos receberam orientações para a fazer exercícios físicos por 45 minutos ou tomar um banho quente com 30 minutos de duração, relaxando após o banho com garrafas de água quente e um cobertor por 20 minutos, ambos duas vezes na semana.


Aqueles que fizeram exercícios notaram uma diminuição em seus graus de depressão de três pontos, enquanto quem optou pelo banho quente percebeu uma diminuição de seis pontos, o dobro. Apesar de ser um estudo novo e feito em pequena escala, os resultados foram satisfatórios e já anima terapeutas, que podem indicar os banhos quentes e relaxantes aos seus pacientes, sem nenhuma restrição.