Mundo

Belgas desenvolvem cerveja a partir do xixi humano

A máquina utilizada, movida a energia solar, foi testada num festival de música na Bélgica

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Cientistas da Universidade de Ghent, na Bélgica, estão querendo transformar urina em cerveja. Os profissionais desenvolveram uma máquina capaz de extrair água pura e nutrientes da urina, ingredientes com os quais esperam fazer uma cerveja.   

(Foto: Divulgação)

A máquina utilizada, movida a energia solar, foi testada num festival de música na Bélgica e conseguiu extrair mil litros de água potável da urina dos frequentadores. Ela coleta a urina num grande tanque e ali é aquecida, passando por uma membrana capaz de separar a água dos demais componentes que existem no xixi, como potássio, nitrogênio e fósforo. Todo o material (a água mais os nutrientes) será agora usado para fabricar a bebida preferida dos belgas.   

   

Os cientistas até apresentaram uma garrafinha da cerveja ainda fictícia que, para eles, poderia ser chamada de “Sewer to Brewer” (do esgoto à destilaria). Sebastiaan Derese, um dos líderes da pesquisa, disse que espera levar a máquina a comunidades rurais dos países menos favorecidas, onde há escassez de água e fertilizantes.