Tecnologia

Black Friday: entre os internautas, livro é o produto mais procurado

Em segundo lugar na preferência estão as roupas e os smartphones

Agência O Globo

Embora muitos consumidores fiquem atentos às ofertas de smartphones e computadores durante a Black Friday, no Twitter, o que os internautas mais procuram nada tem a ver com tecnologia. Nos tuítes em que há associação do evento de compras a produtos, os livros disparam na preferência do público, seguidos por roupas e eletrônicos. Games são o terceiro item de maior desejo entre as postagens na rede social.

O levantamento, feio pela empresa de marketing de influência Airfluencers, fez a análise de 77.633 mil publicações no Twitter, no período entre 29 de setembro e 21 de novembro. Deste universo, 30% das postagens possuem teor negativo, como por exemplo ligações do evento à fraude nos preços. Embora alto, o percentual caiu em relação a 2017, quando era de 41%.

Em relação ao perfil dos internautas que fizeram a postagem neste ano, o percentual ficou dividido: 50% eram mulheres e 50% eram homens. Além disso, a maioria das mensagens foram publicadas por meio de smartphones (83%). Os estados que mais registram as postagens foram Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Mesmo com a preferência dos tuiteiros por livros, quando são analisadas as marcas mais mencionadas, as gigantes da tecnologia lideram o ranking. Apple é a mais citada, com 60% das menções do total, seguida pela Samsung (24%) e pela Sony (7%).

Em 2017, livros já eram o produto mais desejado pelos internautas que utilizavam o Twitter. Entretanto, a segunda colocação agora é dividida entre dois itens. Neste ano, quem ganha a medalha de prata na preferência dos internautas são os celulares, que já ocupavam a posição no ano anterior, e por roupas.

Confira os itens mais procurados em 2018

Livros (23%)

Roupas (17,5%)

Smartphones (17,5%)

Games (15,9%)

Viagens (8,2%)

Eletrônicos em geral (7,2%)

Calçados (3,2%)

Maquiagens e perfumes (2,9%)