Economia

Boletos até R$ 100 já podem ser pagos em qualquer banco, mesmo após vencimento

Isso pode ser realizado desde que os boletos estejam registrados na Nova Plataforma de Cobrança (NPC)

Agência O Globo

A partir de agora, todos os boletos bancários acima de R$ 0,01 poderão ser pagos em qualquer agência bancária, mesmo após o vencimento, desde que estejam registrados na Nova Plataforma de Cobrança (NPC) — sistema de liquidação e compensação desenvolvido pelas instituições financeiras e pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

No 13 de outubro, a rede bancária deixou de aceitar os boletos de valor igual ou acima de R$ 100 que não estivessem cadastrados na base de dados da ferramenta. Por outro lado, os que foram registrados passaram a ser aceitos em qualquer banco, mesmo depois de vencidos.

No último sábado, dia 27, a mesma regra foi aplicada às cobranças entre R$ 0,01 e R$ 100. A última etapa da implementação vai incluir os boletos de pagamento de cartão de crédito e de doações. Estes deverão estar registrados na nova plataforma até 10 de novembro.

Até agora, 63% dos quatro bilhões de documentos emitidos anualmente no país já estão incorporados ao sistema. Restam as cobranças de cartão e doações, que correspondem aos 37% restantes, segundo a Febraban.

O que fazer se cobrança não estiver cadastrada

Se os boletos não estiverem cadastrados na base do novo sistema, os bancos vão recusá-los. Se isso ocorrer, o pagador deverá procurar o emissor do boleto para quitar o débito ou pedir o cadastramento do título.

Segundo a Febraban, a nova ferramenta evita o pagamento, por engano, de algum documento já quitado. O número de fraudes também tende ser reduzido, uma vez que as cobranças deverão conter informações do emissor e do pagador.

O comprovante de pagamento, segundo a Febraban, ficou mais completo, apresentando todos os detalhes do boleto, como juros, multa e desconto, assim como o CPF ou o CNPJ do emissor e do pagador.