Eleições 2018

Bolsonaro fala em vitória, e Haddad diz que acredita em virada

Os dois candidatos à Presidência da República votaram cedo neste domingo (28)

Agência O Globo
- Atualizada em

Os dois candidatos à Presidência da República votaram cedo neste domingo (28). O primeiro foi Jair Bolsonaro (PSL), que lidera as pesquisas eleitorais. Acompanhado da mulher e usando um colete à prova de balas, ele causou alvoroço entre seus apoiadores que estavam na Escola Municipal Rosa da Fonseca, que fica dentro da Vila Militar, em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. Confiante, ele falou em vitória.

Foto: Reprodução | Instagram

- É o que eu vi nas ruas ao longo dos últimos meses, vitória - disse o candidato.

A segurança no local foi reforçada. Uma grande quantidade de grades foi colocada ao redor da escola, e o único acesso era por um corredor lateral, montado também com grades, onde um grupo de policiais do Exército submeteu os eleitores a uma revista com detectores de metais.

Depois de votar, Bolsonaro foi até a porta da escola, cercado por policiais do Exército, e acenou para os eleitores que o aguardavam atrás das cercas e começaram a aplaudir e gritar "mito". Depois disso, o capitão voltou para dentro da escola e saiu pelos fundos novamente. Na saída, abriu a porta do carro e ficou de pé, enquanto o veículo estava em movimento, acenando novamente. Nesse momento, houve tumulto e empurra-empurra. Bolsonaro seguiu de volta para casa, onde deve passar a tarde e acompanhar a apuração dos votos.


Já Haddad preferiu se encontrar com lideranças do partido em um hotel de São Paulo antes de votar em uma escola na Zona Sul da capital paulista. No local ele disse que vê uma forte "tendência de alta" para virar a eleição, e fez um apelo pela paz.

- Sinto nas ruas do Brasil muita militância cidadã, cidadãos comuns indo às ruas para defender o Brasil e a democracia. Estamos com uma forte tendência de alta, estou muito esperançoso de que nós vamos ter um grande resultado hoje à noite - afirmou o candidato.

Antes da chegada de Haddad, houve confusão entre apoiadores do petista e de Jair Bolsonaro em frente ao colégio Brazilian International School. Enquanto moradores de prédios vizinhos batiam panelas, apoiadores do PT carregavam rosas, livros e guarda-chuvas e cantavam músicas.