Arte e Decoração

Bonito e funcional: aprenda como escolher o box ideal para o seu banheiro

Arquitetas Paula Passos e Danielle Dantas, que são sócias no escritório Dantas & Passos Arquitetura, separaram algumas dicas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Quer deixar seu banheiro sofisticado e seguro? Você precisa escolher bem o box.  Além de delimitar o espaço e prover privacidade – ainda que o vidro seja transparente –, os modelos existentes no mercado ajudam a preservar o restante do banheiro com os respingos de água que ocorrem tudo o banho. 

Para te ajudar a definir o box certo para o seu projeto, as arquitetas Paula Passos e  Danielle Dantas, que são sócias no escritório Dantas & Passos Arquitetura, separaram algumas dicas. Veja! 

Primeiros passos 

Além de fazer parte da decoração do banho, o box cumpre a função de bloquear a água do banho para que o ambiente não fique todo molhado depois. Por este motivo, o modelo deve ser definido junto com o projeto geral do espaço, de forma a manter a unidade e a beleza junto com a composição geral. “Durante a obra, é primordial delimitar a área do box com um pequeno desnível no piso, que ajuda no escoamento da água para o ralo”, explica a arquiteta Paula Passos.

Foto: divulgação / Maura Mello

O box deve ser funcional para facilitar a circulação dos moradores no banheiro e a limpeza do dia a dia “A combinação de água, produtos de banho, suor e as gorduras produzidas pelo corpo aderem no vidro e no piso. Por isso, o processo de limpeza deve ser frequente”, altera Danielle Dantas.

 

Dimensões 

Junto com uma empresa especializada, o proprietário pode determinar a altura do box, que normalmente apresenta 1,90m de altura. Entretanto, as arquitetas recomendam reconsiderar o padrão e trabalhar com a metragem de 2,10m. “Essa decisão é benéfica tanto para deixar um visual mais alongado e elegante no conjunto do banheiro, como também para proteger de respingos, principalmente quando o morador é mais alto”, destaca Paula.

Aberturas

O box oferece algumas opções de aberturas que melhor se adequam aos projetos. O modelo frontal possui dobradiças metálicas, pode ter puxadores em barras decorativas e é indicado para os banheiros mais amplos. “Podemos contar também com o box frontal composto por portas de correr e que não ocupam espaço de abertura”, detalha Danielle. “Com duas ou 3 folhas, a depender do tamanho do vão, a variação dispõe de uma parte fixa e igualmente pode apresentar puxadores decorativos”, completa.

Foto: divulgação / Maura Mello

Já o box com portas de correr pode ter trilhos convencionais na parte superior ou roldanas aparentes – um sistema mais moderno e com uso que deve ser aliado ao estilo do décor. “A versão de correr é, sem dúvida, o mais encontrado nos banheiros brasileiros”, relata Paula. Por fim, os boxes de quina ou de canto se revelam com ótimas soluções para áreas menores.

 

Materiais

Dentro do banheiro, os materiais precisam ser resistentes ao vapor e não podem enferrujar. Assim sendo, a estrutura é composta por alumínio e inox, enquanto o vidro temperado é o mais indicado para o fechamento. Além de moderno, resistente e seguro – no caso de fortes impactos, o material temperado deve se partir em vários pedacinhos e pouco cortantes, evitando cortes e propiciando uma remoção mais facilitada dos resíduos. No que tange a espessura, a indicação é instalar box com vidros de 8mm.

Com relação ao acabamento, o vidro do box pode ser o tradicional incolor, serigrafado com desenhos, translúcido (com efeito de textura fosca), esmaltado ou colorido.