Economia

Bradesco fecha 2º trimestre com lucro líquido de R$ 2,785 bilhões

Aumento foi de 15,8% sobre o mesmo período do ano passado

Redação CORREIO (redacao@correio24horas.com.br)
- Atualizada em
O Bradesco anunciou nesta quarta-feira (27) que registrou, no segundo trimestre de 2011, lucro líquido contábil de R$ 2,785 bilhões - resultado 15,8% superior ao verificado no mesmo período de 2010. Em relação ao trimestre anterior, quando foi observado lucro líquido contábil de R$ 2,702 bilhões, o aumento é de 3,1%.

O segundo maior banco privado do país fechou o período com uma carteira de crédito total de R$ 319,8 bilhões, uma alta de 4,5% no trimestre e de 23,1% em 12 meses.

O nível de inadimplência da carteira, medido pelo saldo de operações vencidas com prazo superior a 90 dias, foi de 3,7%, ante 3,6% do primeiro quarto do ano e 4,0% em igual intervalo do ano anterior.

As despesas do banco com provisões para perdas esperadas com calotes totalizaram R$ 2,437 bilhões, um aumento de 3,3% na comparação trimestral e de 12,8% na anual.

Os ativos totais do grupo evoluíram 23,5%, para R$ 689,3 bilhões, na comparação com o mesmo período do ano passado e 2,1% na análise trimestral. As informações são do G1.