Educação

Braskem e FIEB abrem mais de 100 vagas em curso profissionalizante

A iniciativa é ampliação do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um projeto de educação profissionalizante vai oferecer 105 vagas para candidatos com idade mínima de 18 anos. A ideia é fruto de uma parceria entre a Braskem e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) e é uma ampliação do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), desenvolvido pelo SESI e SENAI.

“A parceria com a Braskem é de fundamental importância para o crescimento deste projeto”, afirma Antonio Ricardo Alban, presidente da FIEB. Ele ressaltou, ainda, que a experiência com a turma piloto do projeto, mostrou que as aulas do EJA na modalidade de educação a distância (EaD) que possuem evasão de alunos em torno de 60% reduziu para apenas7% neste novo modelo. “O grande diferencial desse projeto é a possibilidade de investirmos no ensino profissionalizante voltado para jovens e adultos, valorizando os saberes já adquiridos nas experiências de vida e trabalho dessas pessoas, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades do entorno das áreas onde a Braskem atua”, destaca Helio Tourinho, gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia.

O curso tem previsão para abertura de inscrições no 1º trimestre de 2018 e os interessados precisam ter idade mínima de 18 anos, além de residir em comunidades de influência das operações da Braskem.