Economia

Caixa irá renegociar dívidas com até 90% de desconto

Segundo o banco, 120 mil clientes poderão ser beneficiados

Agência O Globo
- Atualizada em

A partir de segunda-feira, dia 7, a  Caixa Econômica Federal  vai promover uma  semana de conciliação  para correntistas —  pessoas físicas ou jurídicas  —  que têm processos contra o banco . O objetivo é  renegociar dívidas  com  até 90% de desconto , dando fim às contestações judiciais. Segundo a instituição financeira, 120 mil clientes poderão ser beneficiados. Cada negociação vai depender da situação do contrato e do tipo de operação de crédito realizada. A campanha vai até sexta-feira, dia 11.

De acordo com o banco, cerca de 25% dos 71 mil clientes pessoas físicas poderão quitar suas dívidas à vista, por valores abaixo de mil reais. Entre as 50 mil empresas com pendências, 44% poderão pagar seus débitos de um só vez, pois os montantes devidos não passam de R$ 10 mil.

Os interessados na conciliação deverão procurar as agências do banco ou determinadas Varas da Justiça Federal. A lista completa está no  site .

Vale destacar que a opção pela conciliação com a Caixa implica, necessariamente, a extinção da ação movida contra a instituição. A vantagem, segundo o banco, é a possibilidade imediata de retirada do nome do cliente dos cadastros de restrição ao crédito.



Campanha mais ampla
Ainda segundo a instituição, a Semana Caixa de Conciliação faz parte da campanha Você no Azul — que começou em junho — e oferece vantagens aos clientes com débitos em atraso há mais de 360 dias. A ideia é facilitar a quitação das dívidas à vista com até 90% de desconto ou a renegociação. Até agora, 276 mil clientes já regularizam a situação, com a liquidação de R$ 2,4 bilhões. A ação vai até 31 de dezembro.

Para as empresas, o parcelamento das dívidas pode ser feito em até 96 meses. O cliente pode ainda pausar o pagamento de uma prestação vencida ou a vencer, ou repactuar o débito, com aumento do prazo de pagamento.

Nos contratos habitacionais, é possível pagar uma entrada e incorporar as demais parcelas em atraso. Há ainda a possibilidade fazer um acordo com pagamento inicial ou usar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para reduzir em até 80% o valor de 12 prestações (três delas podem estar em atraso).

Neste caso, os clientes interessados poderão entrar em contato pelos sites  www.caixa.gov.br/vocenoazul  e  www.negociardividas.caixa.gov.br ; pelos telefones 0800-726-8068 (opção 8) e 0800-726-8068; pelas redes sociais da Caixa no Facebook ( facebook.com/caixa ), no Twitter ( twitter.com/caixa ) e no WhatsApp; ou procurar as agências.