Mundo

Campanha estimula pessoas a beberem líquido de sarcófago

Segundo informações do Ministério de Antiguidades do Egito trata-se de água de esgoto

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O site Change.org está com uma campanha para comercializar o líquido encontrado em um sarcófago, na Cidade de Alexandria, no Egito. O sarcófago, que foi descoberto durante a limpeza de um terreno para construção de um edifício, contém três ossadas dentro e água de esgoto, segundo informações do Ministério de Antiguidades do Egito.

Foto: Reprodução
No dia 19 de julho, uma equipe de operários e pesquisadores foram até o local examinar o conteúdo do objeto pela primeira vez. Anterior a análise, muitas especulações foram feitas pela população, inclusive de que naquele sarcófago está o corpo de Alexandre, O Grande. De acordo com os pesquisadores, o bloco de granito tem cerca de dois mil anos.

Desde que foi aberto o sarcófago surgiu uma campanha na internet para beber o líquido encontrado junto com os esqueletos. "Precisamos beber o líquido vermelho do maldito sarcófago escuro na forma de algum tipo de bebida energética carbonatada para que possamos assumir seus poderes e finalmente morrer", diz a petição. A campanha viralizou e já tem mais de 26 mil assinaturas.

O organizador da campanha, que se identifica como "innes mck" garante que vai lutar pelo líquido do sarcófago. "Muito obrigado por todas as suas razões profundas e pessoais para querer beber o milk-shake da múmia amaldiçoado. Juro que vou continuar lutando para permitir que você consiga", pontuou.
Foto: Reprodução
Ele ainda afirma que não é esgoto o conteúdo encontrado. "Todo mundo sabe que os esqueletos não podem fazer cocô", explicou. Até o momento, o líquido não foi liberado para ser consumido e encontra-se no Museu de Alexandria em análise.