Tecnologia

Campeonatos de FIFA 18 têm premiações de até R$ 1,5 milhão

Times tradicionais também têm investido nas competições

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em


Há muito tempo que os jogos eletrônicos deixaram de ser coisa de criança. Adultos e jovens de todas as idades buscam se especializar em games competitivos e, muitas vezes, acabam tirando a renda mensal disto. E é baseado nisso que alguns campeonatos surgem, como os do FIFA, que premiou, na edição 2018, U$ 400 mil - R$ 1,5 milhão em conversão direta.

A primeira edição do campeonato aconteceu em 2004 e o campeão foi o

brasileiro Thiago Carrico de Azevedo. É interessante notar que, desde

então, nenhum outro jogador profissional do Brasil levou a premiação.

Foto: Divulgação
Times tradicionais têm investido na competição. O Paris Saint-German, da França, por exemplo, contratou, em 2017,  o brasileiro Rafael Fortes, o Rafifa13. Até mesmo jogadores do esporte real já migraram para os campos digitais: Wendell Lira, ex-jogador premiado, resolveu se dedicar de forma integral ao game.

Os interessados devem participar de alguns torneios, que são realizados  a cada nova edição do jogo. São eles o Global Series Qualifiers, Global Series Playoffs e FIFA eWorld Cup Grand Final.