Comportamento

Casais que dividem tarefas domésticas são mais felizes, diz estudo

Segundo a pesquisa, os homens que não dividem os afazeres domésticos são mais suscetíveis a terem ansiedade, dificuldade de concentração e nervosismo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Viver a dois é um desafio, principalmente quando o assunto é dividir os afazeres domésticos. Sempre tem o bagunceiro, o preguiçoso, o que esquece de tirar o lixo, entre outras obrigações, o que sempre desgasta a relação. Se identificou? Repense e tente mudar de atitude. Uma pesquisa da Universidade Umeå, na Suécia, acompanhou 723 pessoas ao longo de 26 anos e procurou identificar como as responsabilidades domésticas afetam os casais. E olhem só: o estudo indica que tanto homens que dividem os afazeres domésticos com suas companheiras, quanto suas parceiras, são mais tranquilos e felizes.

Segundo a pesquisa, os homens que não dividem os afazeres domésticos são mais suscetíveis a terem ansiedade, dificuldade de concentração e nervosismo. Além disso, suas companheiras são mais vulneráveis às doenças.É que, se por um lado as mulheres ganham folga e ficam menos cansadas, os homens também ficam menos angustiados e se cobram menos quando ajudam. Parceiros que dividem tarefas domésticas são mais tranquilos e felizes.