Economia

Cinco dicas para poupar combustível e detectar gasolina adulterada

Se o motorista desconfiar se a gasolina está batizada, tem um teste rápido e fácil

Redação iBahia

Aumento dos combustíveis, redução dos ganhos, manutenção do carro cara são as principais reclamações dos motoristas de aplicativos, taxistas, profissionais de logística e – na verdade – de todo mundo que tem carro. Confira abaixo algumas dicas para diminuir os custos do carro e economizar no fim do mês, indicadas pelo engenheiro mecânico Denis Marum.

1.    Óleo do Motor

Não deixe passar a data de troca, seja por quilometragem ou tempo de uso. Utilize sempre o óleo indicado no manual do proprietário e evite ser convencido pelos atendentes ou frentistas que insistem em vender produtos diferentes. Atenção: o óleo do motor NÃO precisa de aditivo.

2.     Vazamentos

Fique atento aos vazamentos de óleo do motor, da direção hidráulica e de água. Observe a coloração: óleo do motor é marrom escuro (quando novo, a tonalidade é um pouco mais clara), óleo da direção hidráulica ou do câmbio automático é vermelho, vazamento de água é transparente, mas se o tom é o rosado, pode ser que o sistema de arrefecimento do veículo esteja comprometido.

3.     Amortecedores


Quando for trocar o amortecedor, opte por uma peça nova, esqueça as recondicionadas. Amortecedor cansado pode estragar as buchas da suspensão e os pneus.

4.     Velas

Responsáveis por queimar o combustível que entra no motor, quando desgastadas parte do combustível é eliminado pelo escapamento, fazendo com que você jogue dinheiro fora.



5.     Alinhamento e balanceamento 

Adiar esse ajuste faz com que haja gastos com combustível, desgaste prematuro dos pneus e desconforto na direção.

E se o motorista desconfiar se a gasolina está batizada, tem um teste rápido e fácil: em um copo plástico, coloque a gasolina. Se estiver adulterada, o fundo do copo vai derreter. Combustível adulterado pode estragar a bomba, a boia de combustível, os bicos injetores e até o catalizador do escapamento.