Literatura

Cinco livros de contos e crônicas natalinas

Romances, representatividade, valores éticos e até estudos culturais se misturam em tramas que usam o Natal como cenário primordial. Conheça livros nada óbvios para quem quer mergulhar nesses universos e já sentir o clima de final de ano

Por Jorge Barretto e Vanessa Brunt, do Não Óbvio

O clima natalino está presente e já é possível observar lojas comercializando produtos, objetos de decoração e outros artigos que são característicos dessa época do ano.

Mas, e os livros temáticos? Já chegou a pensar neles durante essa época? Em diversos cantos do mundo são contadas histórias, contos, fábulas, crônicas e romances que têm o Natal como principal ponto. E são vários os cenários que personificam essa época do ano.

Musicais, peças, monólogos, filmes, exposições e variadas vertentes da arte são utilizadas para dar luz ao universo natalino, e a literatura é uma das principais que fazem parte dessa esfera.




Foto: reprodução / Não Óbvio
Entre árvores, aventuras, lendas, romances e relatos singulares que preenchem as páginas de diversos livros sobre o Natal e suas particularidades, estão também as pessoas que apreciam essas histórias e buscam, através delas, colocar pessoas mais próximas do espaço natalino..

Para quem deseja mergulhar em reflexões, lições e valores natalinos, o NÃO ÓBVIO separou tramas que trazem o ambiente de luzes e bolas coloridas, com pinheiros e presentes. Confira:

1. Um Conto de Natal | de Charles Dikens

A lista começa com o clássico e popular autor inglês Charles Dikens, que traz a história de um homem, Ebenezer Scrooge, avesso ao natal e tudo o que ele representa socialmente.

A obra começa quando a visita de uma fantasma leva Ebenezer a repensar seu comportamento em relação a data e desperta sentimentos adormecidos. O contexto da trama entre os dois personagens se passa na cidade de Londres, com todas as características do período, desde o clima gelado e a neve até as ruas decoradas.

Essa é uma tradicional e bela história escrita no ano de 1843, umas das mais conhecidas do gênero e que já foi retratada diversas vezes no cinema e em peças teatrais ao redor do mundo.

☌ Autor:
Charles Dikens
☌ Número de Págs: 96
☌ Ano de Publicação: 2019
☌ Disponível em: Amazon

2. O presente do meu grande amor: Doze histórias de Natal | de Autores Diversos

A obra é para aquelas pessoas que esperam o período das árvores enfeitadas, dos presentes, ceia em família e pisca-pisca coloridos ornado os ambientes e também para aquelas pessoas que entendem as celebrações de final de ano de forma menos tradicional.

A organizadora, Stephanie Perkins, decidiu contemplar a diversidade nessa obra. Os contos têm personagens de diferentes etnias, orientações sexuais e em contextos sociais distintos.

Mesmo com todas as histórias tendo o natal no âmbito central, nem todos os integrantes presentes nos contos são cristãos, e mesmo assim comemoram a data seja como Chanucá (festa judaica, também conhecido como o Festival das luzes) ou solstício de inverno e há até quem apenas celebre a chegada de um novo ano.   

☌ Autor: Diversos | Organizadora: Stephanie Perkins  
☌ Número de Págs: 355
☌ Ano de Publicação: 2014
☌ Disponível em: Americanas | Submarino

3. Crônicas de Natal | de Austregésilo de Athayde

Essa é uma obra brasileira contemporânea que reúne uma série de crônicas, em que o autor, Austregésilo de Athayde, aborda algumas releituras do evangelho que retratam o período natalino em uma perspectiva crítica, e em muitos momentos questionadora.

Sensações, emoções e memórias se misturam em diversos momentos quando o autor traz a tona sua infância vivida no interior do Ceará, a juventude como seminarista que aprende sobre a representatividade religiosa do natal, até a vida adulta em que ele resignifica a narrativa do nascimento de Jesus e a mística envolvida nesse processo.

As crônicas também enfatizam a relação entre a sobrenaturalidade e a razão, envolvidos na nas festividades natalinas, os múltiplos “Papais Noéis” e traz à tona a atmosfera presente durante os dias da festa.

☌ Autor: Austregésilo de Athayde  
☌ Número de Págs: 64
☌ Ano de Publicação: 2013
Disponível em: Amazon, Americanas, Submarino, Cultura

4. Dia de folga: Um conto de Natal | de Jhon Boyne

Um conto curto e melancólico que tem como cenário a Primeira Guerra Mundial e traz o ponto de vista de um soldado inglês sobre as celebrações natalinas, data onde ele e seus companheiros têm folga e podem aproveitar o descanso. O momento traz ao personagem sentimento que mistura saudade e recordações de natais passados e como eram celebrados em família.

A obra é produzida por John Boyne, autor do best-seller O menino do Pijama Listrado. O autor mostra através de Hawke, como o cenário em que família, espírito, luzes decorativas e tudo que é idealizado nessa época é trocado por bombas caindo, trincheiras e toda banalidade que preenche o espaço dos campos de batalha. Esse contraste faz parte da produção e pretende mostrar um olhar oposto ao que socialmente é disseminado sobre natal.

☌ Autor: John Boyne  
☌ Número de Págs: 8
☌ Ano de Publicação: 2013
☌ Disponível em: Amazon (versão digital grátis)

5. De Repente… É Natal | de Lygia Maria Vieira Hees

Crônicas, contos, autos, lendas e poesias preenchem as páginas desse livro que mostra a forma como uma família cristã alemã celebra os festejos natalinos. Esse relato é feito pela autora, Lygia Maria, que quando casou, há 48 anos, passou a fazer parte dessas tradições e se apropriar de todo ritual que compõe o Natal.

A obra traz uma coletânea dessas costumes, que vão desde a preparação do presépio e toda representação simbólica cristã da data, até as músicas natalinas alemãs que foram traduzidas para o português pela autora.

O livro deixa aberto ao leitor a possibilidade de se apropriar do conteúdo para que cada um produza o próprio roteiro da festa, e mostra a importância da alegria e a espiritualidade caminham juntas nesse período do ano.

☌ Autor: Lygia Maria Vieira Hees  
☌ Número de Págs: 184
☌ Ano de Publicação: 2008
Disponível em: Submarino | Americanas