Literatura

Cinco razões para conferir 'Furacão Anitta'

Biografia não autorizada foi lançada neste fim de semana

Heyder Mustafá (heyder.mustafa@redebahia.com.br)


Amada por muitos e antipatizada por outros tantos, a cantora Anitta foi a escolhida do jornalista especializado em celebridades, Léo Dias, para ser a personagem de seu primeiro livro. A biografia não autorizada da eterna funkeira já era o livro mais vendido do Brasil antes mesmo de ser oficialmente lançado. A curiosidade sobre detalhes íntimos da vida da artista que mais causa na mídia movimentou o mercado editorial. A promessa de algumas histórias polêmicas e não tão conhecidas do grande público serem reveladas fez o livro ser tão cobiçado.

Foto: Reprodução

Início da carreira

Léo Dias dá detalhes de como foi a infância de Anitta no subúrbio do Rio e dos tombos que ela tomou no início da carreira na Furacão 2000. O boicote dos empresários, as traições do então namorado e a perda da avó também aconteceram nessa fase e quase a fizeram desistir da fama.


Briga com a empresária 

O conhecido arerê entre Anitta e a empresária Kamilla Fialho é contado de forma detalhada, com direito a transcrição de mensagens de WhatsApp, peças processuais, revelação sobre contratos abusivos, chantagens, trambiques e muito mais. Só isso daria um livro inteiro.

Candomblé

Esse é um lado pouco conhecido da vida da cantora. Segundo Léo Dias, Anitta é muito religiosa, faz questão de se dedicar às atividades do terreiro e tem em seu Pai de Santo um grande amigo e conselheiro.



Tretas com famosos    

O livro conta porque Anitta não participou das gravações dos DVD’s de Claudia Leitte e Ivete Sangalo, fala da cisma que ela teve com Preta Gil e Bruna Marquezine, de sua amizade com Jojô Todynho, das polêmicas com Pablo Vittar, da confusão com Simaria e Gominho, da parceria tumultuada com Maluma e da quebra de braço com Roberto Medina, executivo do Rock in Rio.

Romances

Léo Dias conta que Anitta é bissexual. Por sua cama já passaram homens e mulheres, anônimos e famosos. Na lista das celebridades que dividiram o lençol com a cantora estão nomes como Luan Santana, André Marques, Eduardo Sterblitch, Fábio Porchat, Lewis Hamilton e Neymar, este um caso antigo que ainda rende manchetes.

Léo Dias também fala do lado empresarial da artista e de sua base familiar, mas são as fofocas que dão a tom da biografia. Obviamente, os fãs vão correr para as livrarias e aqueles que não gostam da cantora já estão torcendo o bico. O livro cumpre seu papel de ser um resumão mais íntimo da carreira meteórica de uma artista contado por quem gosta da vida alheia. Vale lembrar que todas as informações são de responsabilidade do autor. Se são verídicas, só Deus sabe!

*Heyder Mustafá é jornalista e produtor cultural formado pela UFBA, editor de conteúdo da GFM e Bahia FM, apresentador do Fala Bahia e apaixonado por cinema, literatura e viagens.